PC cumpre mandado de prisão em Ipatinga

Policiais civis localizaram condenado por tráfico de drogas enquanto realizavam abordagens táticas no bairro Esperança

Divulgação Polícia Civil


Webert Farias foi preso e encaminhado para o Sistema Prisional

A equipe da Delegacia de Tóxicos de Ipatinga efetuou na tarde desta terça-feira (13) a prisão de Webert Farias Alves, de 30 anos, na rua Um, no bairro Nova Esperança. Webert foi abordado e preso após ter sido constatado um mandado de prisão em aberto em seu desfavor, expedido pela Vara de Execuções Criminais da Comarca de Ipatinga.

O indivíduo preso é muito conhecido no meio policial pela prática do crime de tráfico de drogas e figura como investigado em outros Inquéritos Policiais, instaurados para a apuração desta prática delitiva, conforme informou o delegado Eduardo Vinícius. Em sua Folha de Antecedentes Criminais (FAC) constam anotações pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e uso de documento falso.

O mandado de prisão a que se deu cumprimento contra Webert foi expedido pelo juiz de Direito da Vara de Execuções Criminais, Thiago Grazziane Gandra, no dia 22 de abril deste ano. A ordem judicial é oriunda de um processo criminal de 2011 em que o abordado foi condenado por tráfico de drogas.

A prisão ocorreu no contexto do trabalho de Rondas Táticas que vem sendo realizado pela Polícia Civil de Ipatinga. De acordo com o delegado Eduardo Vinícius, as equipes priorizam a abordagem a veículos e de pessoas suspeitas em zonas quentes de criminalidade na cidade. Webert foi encaminhado para o Sistema Prisional.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO