Educação de Ipatinga recebe novos profissionais

A chegada dos dois professores surdos, que irão atuar em atividades com educadores e alunos, marca um momento importante na história da educação e da inclusão de pessoas com deficiência na cidade

Secom-PMI


Novos profissionais foram recepcionados pelo chefe do Executivo, que lhes desejou as boas-vindas

O prefeito Nardyello Rocha recepcionou, na tarde desta quarta-feira (7), os quatro psicólogos e dois professores surdos contratados para a Secretaria Municipal de Educação.

A chegada dos dois professores surdos, que irão atuar em atividades com educadores e alunos, marca um momento importante na história da educação e da inclusão de pessoas com deficiência na cidade. Pela primeira vez, o município efetiva a contratação desses profissionais no quadro de servidores da rede municipal.

Para o prefeito, “a contratação dos novos servidores só reafirma o compromisso que a atual gestão tem de elevar o ensino público de Ipatinga a níveis nacionais, a começar pela inclusão social nas escolas”.

A secretária de Educação, Eva Sônia, explica que os educadores têm formação em pedagogia e atuarão em projetos de capacitação e formação de alunos e docentes. “Hoje, a linguagem em Libras se faz necessária para todos. A chegada desse perfil de educador é mais um passo para a melhoria da educação inclusiva nas escolas. Eles vão trabalhar o curso de Libras com os nossos alunos que estudam no tempo integral. E também vamos promover formação a toda equipe docente e demais funcionários da Prefeitura, visando garantir comunicação e acessibilidade”, explicou a secretária. Os recém-chegados também vão atuar no Centro de Atendimento Multidisciplinar Hebert de Souza (Cenam).

Psicólogos
Os quatro novos psicólogos irão trabalhar juntamente com outros dois profissionais que já fazem parte do quadro de servidores, auxiliando alunos, professores e pais nas 45 escolas municipais da rede.

“A contratação desses profissionais era uma antiga demanda dos diretores da rede pública municipal. Com isso, o ganho é enorme, porque esses profissionais terão um olhar diferenciado junto aos estudantes. Também, poderão preparar cursos e formação para os professores, que atuam com os alunos especiais”, concluiu Eva.

No planejamento feito pela pasta da Educação, dois psicólogos continuarão atendendo as demandas solicitadas pelo Cenam, no bairro Novo Cruzeiro. Já os novatos vão atender diretamente oito escolas específicas da rede. A Secretaria terá ainda à disposição dos demais educandários outros dois profissionais.

Projeto de Lei
Quando ainda era vereador da Câmara Municipal, Nardyello Rocha foi autor da lei 2.930 de 27/09/2011, que instituiu no município a obrigatoriedade da presença de profissionais psicólogos nas escolas públicas municipais de Ipatinga.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO