Câmara de Ipatinga responde a sindicato sobre questão da frequência dos servidores

O sindicato questiona sobre a “chamada” nos diversos setores da Câmara, onde servidores passaram a receber a visita de representantes do MP

Wôlmer Ezequiel


Jadson Heleno destaca que compromisso com o horário de trabalho é o mínimo que se espera de qualquer profissional

O presidente da Câmara de Ipatinga, Jadson Heleno, procurou a reportagem do Diário do Aço para se posicionar sobre a matéria veiculada na edição de segunda-feira (6). No texto, - que inclusive consta a resposta do Legislativo -, veiculado na página 4, relatamos a troca de ofícios entre o Sindicato dos Servidores Públicos de Ipatinga (Sintserpi), o Ministério Público e Câmara de Vereadores de Ipatinga. O sindicato questiona sobre a “chamada” nos diversos setores da Câmara, onde servidores passaram a receber a visita de representantes do MP.

O vereador entregou uma nota à reportagem, que diz o seguinte: “referente ao questionamento feito pelo Sindicato dos Servidores Públicos, a Câmara Municipal de Ipatinga reforça sua preocupação em zelar pela moral e pela ética no exercício do serviço público. O trabalho de controle de frequência dos servidores do Legislativo municipal não se difere, em nada, do que é aplicado diariamente na iniciativa privada. Entendemos que é nosso dever assegurar que os servidores realizem a jornada de trabalho de forma integral, exercendo suas funções em acordo com a lei e em benefício da sociedade”, destaca.

O presidente acrescenta: “o povo tem cobrado dos poderes, com muita sabedoria, uma posição mais transparente sobre como são gastos os recursos públicos. Desvios não são mais tolerados, especialmente os de má fé. Completei agora, pouco mais de um ano à frente da direção da Câmara, tenho buscado implantar uma gestão planejada, participativa e com olhar voltado para resultados. Não passarei a mão na cabeça daqueles que se habituaram a fazer as coisas da forma errada. Compromisso com o horário de trabalho é o mínimo que se espera de qualquer profissional, seja do setor público ou do privado", enfatiza Jadson Heleno.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO