Bandidos colocam pedras para assaltar na BR-381, em Antônio Dias

Assaltantes armados com facão e uma arma de cano longo atacaram três ocupantes de um carro neste domingo

Atualizada às 14:36
Dois criminosos estão sendo procurados por assaltar os ocupantes de um carro na tarde de domingo (4), no quilômetro 315 da BR-381, trecho próximo à Prainha, localidade no município de Antônio Dias. Os assaltantes colocaram pedras na rodovia para provocar a parada do veículo, como relataram as vítimas, depois que o pneu esvaziou ao ter a roda danificada.

O assalto ocorreu no fim da tarde, conforme relatos do casal J.C.N.S., de 56 anos e M.G.B.S., de 55 anos, ao procurar uma base da Polícia Militar em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. As vítimas relataram que viajavam pela rodovia sentido Ipatinga a Nova Era. O carro deles atingiu algumas pedras na BR provocando esvaziamento de um dos pneus.

O motorista parou o carro para fazer a troca da roda quando foi rendido por dois bandidos, ambos encapuzados e armados com facão e uma arma de fogo de cano longo. O criminoso que portava a arma branca agrediu J.C. batendo a lâmina, sem o lado do corte, contra o corpo da vítima, agressão que provocou lesões leves.

Os autores fugiram depois que roubaram dinheiro (valor não divulgado), telefone celular e cartões bancários. Eles seguiram sentido a uma região de mata e, como já estava escurecendo, conseguiram desaparecer sem deixar rastros. Além do casal, estava no carro uma idosa de 70 anos.

As vítimas foram até a um posto de combustíveis para buscar ajuda, onde foram informadas que, possivelmente, os autores seriam da região da Prainha, na zona rural de Antônio Dias. Os assaltados continuaram a viagem e só informaram a polícia sobre o crime em Contagem. A PM do Vale do Aço foi informada da situação e os autores estão sendo procurados.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

José Carlos Araújo 08 de Agosto, 2019 | 02:50
Já que irão cobrar pedágio futuramente, coloque uma equipe de segurança nesse trecho, cobra 1 resl de cada veículo de arrecada do jeito para pagar os seguranças
Luiz Felipe 06 de Agosto, 2019 | 15:25
Realmente sem necessidade nem uma as lombadas, essa região da prainha sempre foi prato cheio para esses meliantes, principalmente depois que colocaram os quebra-molas.
David Ferreira 05 de Agosto, 2019 | 21:44
Eu particularmente, não estou conseguindo entender o porquê daqueles quebra-molas colocados naquela rodovia principalmente naquele trecho e Mais especificamente na entrada e saída dos novos túneis.
Acho tudo isso uma ignorância sem precedentes.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO