Secretaria de Cultura e Turismo lança edital destinado a museus

As inscrições vão estar disponíveis de 1° de agosto a 15 de setembro na Plataforma Digital Fomento e Incentivo à Cultura

Divulgação Museu Mineiro


Iniciativa vai aportar R$ 3,5 milhões em recursos para viabilizar projetos de segurança contra incêndio e pânico

O Fundo Estadual de Cultura (FEC) chega a sua 10ª edição. E para celebrar esse mecanismo de fomento, que já apoiou mais de 1,5 mil projetos, a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) lançou, no Museu Mineiro, o primeiro edital setorial do FEC 2019. Dividido em duas categorias, o edital Museu Seguro vai investir R$ 3,5 milhões na elaboração e implementação de projetos de segurança contra incêndio e pânico e também na confecção de Programas de Segurança de Plano Museológico.

A primeira parte do edital Museu Seguro, destinado às prefeituras mineiras, já está disponível no site www.cultura.mg.gov.br e os interessados podem consultar os termos do documento até o dia 31 de julho. As inscrições vão estar disponíveis de 1° de agosto a 15 de setembro na Plataforma Digital Fomento e Incentivo à Cultura.

A segunda parte, que contempla a Sociedade Civil, será lançada no próximo mês, informou a secretaria.
O edital Museu Seguro vai destinar R$ 1,5 milhão para as prefeituras mineiras e R$ 2 milhões para Sociedade Civil (pessoas jurídicas de direito privado sem fins lucrativos).

Para o secretário de Cultura e Turismo, Marcelo Matte, o edital é uma forma de garantir que tragédias como a do Museu Nacional, no Rio de Janeiro, não aconteçam em Minas Gerais. “A Secult fez um mapeamento das condições dos equipamentos em Minas Gerais e verificou a necessidade de se criar um mecanismo para melhorar as condições de segurança dos museus. Nosso trabalho está focado na prevenção, que é a melhor maneira de se evitar acidentes”, pontua.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO