Coronel Fabriciano inicia Campanha de Vacinação Antirrábica

Neste fim de semana, a campanha abrange a zona rural, de 8h as 16h

Divulgação PMCF


Meta do município é imunizar 8.312 cães e 1.185 gatos

A Secretaria de Governança da Saúde de Coronel Fabriciano inicia neste sábado (20) a Campanha de Vacinação Antirrábica no município. Neste fim de semana, a campanha abrange a zona rural, de 8h as 16h, na Unidade de Saúde do Cocais, além da vacinação itinerante por toda a comunidade.

A meta do município é vacinar 8.312 cães e 1.185 gatos. A partir do próximo sábado (27), a campanha abrange também a área urbana. Por se tratar de uma doença grave, é preciso estar atento para não perder as datas de vacinação.

De acordo com o Coordenador de Endemias, Adelson Marcelino de Arruda, a campanha visa garantir a saúde dos animais, além da proteção de toda a população. “Nosso principal objetivo é imunizar o máximo de animais contra a raiva, além de prestar orientações sobre a doença que raramente tem cura. É obrigação de todos entender sobre a doença para evitar sua circulação dentro do município”, destacou.

Os cães e gatos a serem vacinados precisam ter a partir de três meses de idade, e não estar gestante. Vale lembrar que animais lactantes podem vacinar normalmente. A vacina é gratuita, e não é obrigatório que o animal tenha algum documento.

A doença

A raiva é uma doença fatal causada por um vírus que acomete todos os mamíferos, tais como cães, bois, cavalos, porcos, morcegos e também o homem. Letal ao ser humano, a doença é transmitida principalmente pela mordedura, e também por arranhões, unhadas ou lambidas de animais doentes.
Cães e gatos são os principais transmissores da doença. A vacina é a única forma de prevenção.

Sintomas

É possível destacar que os cães se tornam mais agressivos, mordendo pessoas, animais e objetos, ou ficam mais tristes a procura de lugares escuros. Além disso, o latido se torna diferente, e a boca tende a salivar com frequência e o animal fica com dificuldades para engolir. Em alguns casos pode haver perda de coordenação motora e paralisia das patas traseiras.

Nos felinos, a doença pode ser notada pela falta de apetite, fotofobia, dilatação das pupilas, salivação espessa e excessiva, além do hábito que gatos com raiva adquirem de dar mordidas no ar. Depois da manifestação dos sintomas, o quadro se agrava até levar o animal à morte em pouco tempo.

Cronograma de vacinação

20/07 e 21/07: Vacinação na Zona Rural (Cocais)

27/07: Unidades Básicas de Saúde do Amaro Lanari, Mangueiras, Santa Terezinha II e Caladinho de Baixo; CASAM; FUNCELFA- Cidade do Menor; Escola M. Dom Lelis Lara; Escola M. Paulo Freire; Igreja Católica do Santa Terezinha II; CMEI Serra Azul e Pastor Antônio Rosa.

03/08: Unidades de Saúde do JK e Nossa Senhora do Carmo; Setor de Endemias; CEPS; Casa POP; Almoxarifado Central; CASIB no Santo Elói; Praça Igreja Católica no Melo Viana; CMEI Crescer e Ser.

24/08: Unidades de Saúde do São Domingos I, Recanto Verde e Jardim Primavera; Creche Vera M. P. Moreira; CRAS CEU; CASIB no Contente; Escola M. Argeu Brandão; CMEI José Pinto dos Santos e CMEI do São Cristóvão; e Igreja Católica São Francisco de Assis no Olaria.

31/08: Curral Municipal; Unidades de Saúde do Floresta e Santa Cruz; Igreja Católica do são Geraldo e São Vicente; Escola M. Curumim; Escola M. Senador Zé Alencar; CAIS no Santa Cruz (próximo a quadra); CMEI José Pinto dos Santos; e CMEI Espaço da Infância.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO