Campus avançado IFMG Ipatinga recebe estação meteorológica

O diretor do campus relatou que a estação meteorológica irá coletar os dados de temperatura, umidade, velocidade do vento e radiação solar

Wôlmer Ezequiel


O diretor Alex informou que os dados coletados pela estação meteorológica ficaram armazenados por um longo período

O campus avançado do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG), em Ipatinga, teve um importante avanço em seus estudos, recentemente. Por meio de um projeto do governo federal, foi instalada uma estação meteorológica no instituto, que coleta dados relativos ao clima de todo o Colar Metropolitano do Vale do Aço.
Em entrevista ao Diário do Aço, o diretor do campus avançado, Alex de Andrade, explicou como funciona o novo equipamento, que terá um papel relevante para o desenvolvimento de atividades acadêmicas na unidade e para estudos externos. “Essa é uma nova aquisição aqui no campus. Vai ser um equipamento muito importante para as ações de ensino, de pesquisa e extensão. Terá um papel fundamental nesses três pilares”, afirmou.

Armazenamento

O diretor do campus relatou que a estação meteorológica irá coletar os dados de temperatura, umidade, velocidade do vento e radiação solar. “É possível gravar essas informações por longo período de tempo e temos acesso remoto a esses dados, em tempo real. Até o fim desse mês, vamos disponibilizar para toda população que quiser acessá-los, por meio de um link, que estará disponível em nossa página na internet”, disse.

Estudos

Conforme Alex de Andrade, a estação meteorológica contemplará diversas áreas de estudos, já que todos os dados coletados poderão ser utilizados pelos professores de Geografia, Biologia, História ou qualquer docente da área técnica. “Qualquer professor que for trabalhar com matérias relacionadas ao clima, temperatura ou umidade poderá utilizar os dados da estação em suas aulas em tempo real”, enfatizou.

O diretor também informou que a estação meteorológica poderá ser utilizada em pesquisas científicas no campus, que tem um eixo tecnológico ligado à Automação, Engenharia Elétrica e Eletrotécnica. “Atualmente, temos um projeto de pesquisa de controle automatizado de ar condicionado em ambientes internos de trabalho e sala de aula. Com isso, os dados coletados da estação poderão ser cruzados e analisados com dados internos do local de trabalho ou da sala de aula, para que o sistema funcione todo automatizado”.

Energia renovável

Além desse projeto, há pesquisas na área de energia renovável, que pode aproveitar os dados de radiação solar e temperatura coletados pela estação. “Essas informações vão ser utilizadas pelos professores nos trabalhos de energia fotovoltaica e energia eólica. E a população externa também poderá utilizar em seus trabalhos e estudos, qualquer professor da rede municipal e estadual poder acessar esses dados”, pontuou Alex.

Previsão do tempo

Na entrevista, o diretor esclareceu que a estação meteorológica do campus não trabalhará com previsões do tempo, apenas irá coletar e armazenar dados do clima e do solo. “A previsão do tempo, além de contar com satélites, utiliza dados captados pelas estações meteorológicas, como a nossa. Então, é possível que no futuro venha trabalhar nesse sentido, mas ainda precisaria cruzar os dados com satélites. Vale ressaltar que quanto mais o IF cresce, mais ações teremos como essa em nossa cidade”, concluiu Alex.


(Tiago Araújo-Repórter)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Pedrin Perito 20 de Julho, 2019 | 13:48
Vai aferir a qualidade do ar que respiramos em Ipatinga? Tá dimais o odor dessa Usiminas no centro e bairros vizinhos.Fora o pó que suja carros e casas..mesmo pó que respiramos...
Deveriam cobrar isso na Usiminas..acho que esqueceram das questoes ambientais e da saude publica

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO