Filhote de veado-campeiro escapa de incêndio em mata

Animal buscou refúgio em uma propriedade rural no Córrego Brejaúba, em Ubaporanga

Divulgação Policia Militar


O filho de veado-campeiro foi encaminhado para ser cuidado de uma veterinária

Uma equipe da Polícia Militar de Meio Ambiente resgatou um filhote de veado-campeiro, que sobreviveu a um incêndio em uma mata no Córrego Brejaúba, na zona rural de Ubaporanga. O resgate ocorreu na manhã desta quinta-feira (18). O animal buscou refúgio em uma propriedade rural durante as chamas que destruíram o habitat natural do filhote.

O proprietário do terreno deparou com o pequeno veado-campeiro ao verificar os motivos dos latidos de cães. Eles afugentaram algumas aves de rapina que voavam em volta onde estava o filhote. As áreas de mata no entorno foram atingidas pelo incêndio florestal, possivelmente provocando a fuga do filhote para um local afastado.

Os militares do meio ambiente resgataram o filhote e o encaminhou para ser analisado e medicado por uma médica-veterinária no Centro de Assistência à Saúde (Casu)-Hospital Veterinário Joaquim Felício, em Caratinga. Ela atestou que o animal está bem, mas devido o pouco tempo de vida não pode ser devolvido ao seu habitat natural, e ficará sob cuidados veterinários na Usipa, em Ipatinga.


Filhote de veado-campeiro escapa de incêndio em mata
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Slgc 19 de Julho, 2019 | 10:52
Que fôfo ! Ainda bem que se salvou do incêndio ??????
Emmanuel da Costa Neiva 19 de Julho, 2019 | 05:46
muito boa ações da policia e da pessoa que encontrou o animal em extinção!
Zoio de Zoiar 18 de Julho, 2019 | 16:00
Em pleno século XXI, ainda insistem em acabar com o pouco que nos resta. Toda ação tem uma reação. No dia que a mãe natureza resolver cobrar, a conta vai está caríssima. Depois não reclamemos desta covardia que temos feito com o nosso meio ambiente. Brasil tbm é o país da impunidade.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO