Por tumulto iniciado pelo adversário, Cenibra é confirmada como vencedora de jogo no Máster Acesitano

Para chegar à decisão, o Instituto Cenibra jogará pelo empate


Após receber e analisar a súmula do árbitro Tiago Pantaleão, da Liga Acesitana de Desportos (LAD), e ouvir diversos relatos de pessoas presentes ao campo do bairro Alegre, a coordenação do Campeonato Acesitano Máster definiu pela manutenção do resultado de 2 a 1 em favor do Instituto Cenibra contra o São Francisco, no jogo do último sábado. A decisão deve-se ao fato de o São Francisco ter dado causa a tumulto que encerrou o jogo no início da segunda etapa.

A partida, de acordo com estes relatos, foi interrompida aos 9 minutos do 2º tempo após o treinador do São Francisco, Rogério Júnior, e alguns torcedores invadirem o gramado e iniciarem a confusão, com agressões a jogadores do Instituto Cenibra. Iniciou-se então um tumulto generalizado, que obrigou o árbitro a interromper a partida. Dois jogadores do time da casa e dois da equipe adversária foram citados em súmula como se tivessem sido expulsos. Os dirigentes definirão nesta quarta-feira se eles poderão ou não atuar no próximo sábado, 15h, no jogo de volta, no campo do Vila Nova, ou se já serão punidos automaticamente. De qualquer maneira, serão julgados na próxima semana.

Para chegar à decisão, o Instituto Cenibra jogará pelo empate. Ao São Francisco cabe vencer no tempo normal e nas cobranças de penalidades máximas.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO