Ipatinga terá grupo de apoio para pessoas que gaguejam

Com reuniões mensais, sempre no terceiro sábado de cada mês, das 14h às 17h, o grupo de apoio terá como endereço a avenida Macapá, 520, no Veneza

Divulgação


Reinaldo Luiz Santos será o moderador do grupo, em Ipatinga

A partir do próximo sábado (20), Ipatinga terá um grupo voltado para pessoas que gaguejam e seus familiares. Conforme o moderador, Reinaldo Luiz Santos, a intenção é dar espaço e suporte, possibilitando desenvolvimento da fala e crescimento sem grandes dificuldades. Participarão do evento a fonoaudióloga Mariana Santiago, de Belo Horizonte, que é moderadora estadual da Associação de Apoio às Crianças que gaguejam (Abragagueira), além do presidente nacional, Luiz Fernando.

Com reuniões mensais, sempre no terceiro sábado de cada mês, das 14h às 17h, o grupo de apoio terá como endereço a avenida Macapá, 520, no Veneza. “Fiz contato com a Abragagueira e conseguimos construir esse grupo aqui na cidade. Em Minas, só existe na capital e agora em Ipatinga. Estarei à frente e vamos sentar com as pessoas e pais, para tentar criar fórmulas e trabalhar de forma que um possa ajudar o outro, para amenizar essa luta”, disse Reinaldo Luiz.

O moderador, que também é gago, teve de aprender a falar sozinho, pois não tinha acesso ao tratamento fonoaudiológico. “No Brasil, somos 2 milhões de gagos. Sempre quis ajudar as crianças gagas para não passarem pelo o que passei, já perdi emprego, namorada, chances na vida e tive depressão. Tudo isso venci, mas sozinho. Não é fácil e leva tempo. Sempre tive esse intuito de ajudar crianças gagas. Agora, aos 38 anos, consegui uma bolsa para fazer o curso de fonoaudiologia, estou no 5º período e meu sonho é montar uma clínica para trabalhar com essas pessoas”, revela.

Mais informações podem ser obtidas com Reinaldo, por meio do telefone 98018-9333 ou por e-mail: reinaldo.cam@hotmail.com.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO