Bolsonaro defende indicação de Eduardo para embaixada em Washington

O assunto foi mais comentado, até, que as implicações da reforma da Previdência Social, aprovada em primeiro turno na Câmara dos Deputados

Marcelo Camargo/Agência Brasil


Ao participar de sessão na manhã desta segunda-feira (15), Bolsonaro voltou a defender indicação do filho como embaixador

Em discurso em uma sessão solene no Congresso, na manhã desta segunda-feira, o presidente Jair Bolsonaro confirmou que está mesmo disposto à indicação do filho Eduardo Bolsonaro para a embaixada do Brasil nos Estados Unidos.

Para uma plateia cheia de militares, Bolsonaro afirmou que, por vezes, precisa tomar decisões que não agradam a todos, como a indicação de Eduardo. O deputado federal do PLS estava presente à sessão.

“Se está sendo tão criticada é sinal de que é a pessoa adequada”, afirmou o presidente.

Na quinta-feira, Bolsonaro confirmou que considerava o nome do filho para a embaixada e, no dia seguinte, disse que só faltava que Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) aceitasse.

Eduardo confirmou em entrevista que aceitaria a indicação e renunciaria ao mandato caso fosse indicado oficialmente.

Indicação de Eduardo Bolsonaro para a embaixada, em Washington, causou perplexidade no Itamaraty e gerou mais uma polêmica sem fim nas mídias sociais. O assunto foi mais comentado, até, que as implicações da reforma da Previdência Social, aprovada em primeiro turno na Câmara dos Deputados.

Aos 34 anos, Eduardo Bolsonaro foi eleito deputado federal por São Paulo, com 1,8 milhão de votos.

A indicação do deputado como embaixador do Brasil foi cogitada pelo próprio Bolsonaro na semana passada. “Foi aventada, sim, essa possibilidade. O garoto fala inglês, espanhol, tem vivência no mundo todo e é amigo da família do [presidente dos Estados Unidos] Donald Trump”. concluiu.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Gildázio Garcia Vitor 15 de Julho, 2019 | 18:37
De acordo com a legislação, o nepotismo não pode, mas o nePAItismo pode.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO