Relembrando 'A Mentira'

Dramalhão mexicano teve até ‘remake’ nacional

“La Mentira” foi ao ar no México em 1998. No Brasil, com o nome traduzido para “A Mentira”, o dramalhão mexicano estrelado por Kate del Castillo, Guy Ecker e Karla Álvarez foi exibido pelo SBT em 100 capítulos, de 8 de maio a 3 de outubro de 2000.

A trama contava a história de duas primas, Verônica (Kate del Castillo) e Virgínia (Karla Álvarez). Virgínia era má e ambiciosa, fingia ser uma menina boa e colocava a culpa em Verônica por suas maldades. Virgínia teve um caso com o irmão de Demétrio (Guy Ecker) só para roubar seu dinheiro, e ele se suicida quando compreende quem ela é.

Arquivo GB Imagem


Verônica (Kate del Castillo) lutou para provar a Demétrio (Guy Ecker) que era inocente
Demétrio volta ao México para punir a mulher que causou a morte do irmão e tem pistas que levam às primas, mas as intrigas de Virgínia o levam a acreditar que a culpada de tudo é Verônica. Ele casa com Verônica e faz da vida dela inferno.

Ao descobrir que Virgínia foi a mulher que fez a desgraça na vida do irmão de Demétrio, Verônica elabora um plano para fazê-la confessar que é uma mulher má, mentirosa e ambiciosa.

A novela fez relativo sucesso, garantindo ao SBT o 2º lugar na audiência. O galã Guy Ecker é nascido no Brasil, e durante a exibição da novela veio ao país e participou de vários programas do SBT.

Apostando na audiência de “A Mentira”, Silvio Santos autorizou um ‘remake’ um 2010. Adaptada por Íris Abravanel, a trama foi ao ar batizada de “Corações Feridos”, tendo Patrícia Barros, Cynthia Falabella e Flávio Tolezani como protagonistas. A audiência ficou abaixo do esperado e a novela foi substituída pelo remake de “Carrossel”.

Em 2016, o SBT reprisou a trama em suas tardes, em 80 capítulos, conseguindo um razoável sucesso entre os fãs dos dramalhões mexicanos que acompanham a programação da emissora.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO