Dentista reage e mata assaltante em Ipatinga

Crime era praticado por um casal, homem foi atingido por tiro e a mulher foi presa

Enviada por leitor


Um dos assaltantes morreu ao ser atingido com tiros disparos pela vítima do assalto
Atualizada às 10:56 de 13/7
O ataque de um casal praticado no meio da tarde desta sexta-feira (12) contra uma residência em Ipatinga acabou com um assaltante morto, uma mulher presa e a vítima ferida a golpes de faca. Vítima do assalto, o dentista Sebastião Lourenço da Silva, de 67 anos, reagiu à bala ao assalto.

Conforme apurado pelo Diário do Aço, o crime foi registrado por volta de 16h na rua Tucumã, bairro Vila Militar. Conforme relato de testemunhas à Polícia Militar, Alexandre Nunes Ferreira, de 44 anos, com Camila Oliveira da Silva, de 30 anos, se passaram por pacientes do consultório antes de anunciar o roubo. O casal não contava, entretanto, com a reação do conhecido Tião Dentista, cujo consultório é anexo à sua residência.

Os moradores acionaram a PM assim que escutaram disparos de arma de fogo. A primeira equipe a chegar ao local deparou com o dentista todo ensanguentado sentado na porta de uma loja, vizinha à sua casa. Ele estava com várias perfurações de faca e foi amparado pelo cabo Silva, sargento Edielson e pelo soldado Ribeiro Rocha, que possui curso de enfermagem.

Com a hemorragia estancada, o dentista foi repassado para uma unidade do SAMU e estabilizado pelo médico. Sebastião apresentava lesões graves com perda de sangue e, no Hospital Márcio Cunha, foi submetido à cirurgia e, até a manhã de sábado (13), estava em observação.

À Polícia Militar, Camila Oliveira da Silva relatou que Alexandre Nunes Ferreira compareceu à residência dela, no aglomerado de Nova Contagem, na cidade de Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte, para lhe cobrar uma dívida de R$ 650. Ela disse a Alexandre que tinha o dinheiro apenas no cartão. O cobrador, então, convidou Camila para lhe acompanhar até Ipatinga, onde realizaria uma consulta com um dentista e ela pagaria com o cartão.

Alega a mulher que, ao desembarcar na rodoviária de Ipatinga, os dois pegaram um táxi e se deslocaram para a rua Tucumã, onde foram à casa da vítima, onde também funciona o consultório odontológico. No local, eles se passaram por clientes e Alexandre sentou-se na cadeira de dentista para um suposto tratamento. Depois pediu para levantar-se e usar o banheiro do consultório. Ao sair, estava com uma faca na mão e anunciou o roubo dizendo que era "fita dada" e que o dentista deveria repassar o dinheiro, a arma que possuía e ouro. Além dessa faca, o casal também usou uma réplica de pistola.

Em seguida, Camila admite que amarrou o dentista com uma fita adesiva e Alexandre, mediante ameaças de morte, determinava que o homem lhe entregasse os bens. Camila explica que o comparsa levou a vítima para o interior da residência e ela permaneceu no consultório. De lá ela afirma que escutou uma discussão e, em seguida, vários disparos de arma de fogo. Logo depois chegou Sebastião, já ensanguentado. Ele determinou que ela não saísse do local, até a chegada da polícia, e desferiu coronhadas na cabeça da mulher.

Enviada ao Diário do Aço


Alexandre, de 44 anos, morreu ao ser baleado pela sua vítima do assalto

Testemunhas
Uma empregada da casa estava no segundo andar da residência, onde fazia limpeza, e disse que, ao escutar os tiros, desceu para o primeiro piso e já encontrou o patrão ensanguentado. Outro vizinho disse que encontrou Sebastião na calçada em frente à residência, segurando uma arma de fogo, ensanguentado e desorientado. O vizinhou foi o primeiro a prestar assistência à vítima e também percebeu que uma mulher tentava sair do imóvel pela garagem. Camila foi detida pela testemunha até a chegada dos policiais militares.

Alexandre Nunes Ferreira foi encontrado caído dentro da sala da casa da vítima, morto com os tiros efetuados por Sebastião. O assaltante segurava uma faca em uma das mãos. Ele morreu com dois disparos de arma de fogo na cabeça e no tórax. No bolso do autor foram encontrados R$ 346, USD$ 6, um cordão de ouro e um telefone celular, que será periciado.

Cirurgia
Sebastião foi encaminhado ao Hospital Márcio Cunha com múltiplas perfurações provocadas no tórax e hemorragia interna. Ele foi submetido a uma cirurgia e permanecia em observação médica até a manhã desse sábado.

Em buscas na casa da vítima, policiais recolheram 21 cápsulas de munição calibre 38, um carregador de pistola calibre 7,65 e uma cápsula intacta do mesmo calibre. A arma utilizada por Sebastião, em sua defesa, foi apreendida por não possuir registro.

O caso ainda será apurado em inquérito policial. No local, policiais foram informados que Camila já havia trabalhado para o dentista no passado e que, por isso, tinha informações privilegiadas.

Mulher diz que não conhecia a vítima
Camila Oliveira da Silva disse em entrevista ao Diário do Aço que nunca trabalhou para o dentista e também alegou que nunca esteve em Ipatinga. Na entrevista, repetiu a versão da dívida de R$ 650 para Alexandre, que ela conhecia com outro nome. “Eu o chamava sempre Welerson, em momento nenhum me disse ser Alexandre”.

Também negou que soubesse do plano de um assalto. “Estranhei que ele retirou o roach (prótese dentária) antes de conversar com o dentista”, disse a mulher.

Camila também informou que teve uma prisão por tráfico de drogas. “Estou agora preocupada com meus sete filhos”, comentou a mulher enquanto era encaminhada para a 1ª Delegacia Regional de Ipatinga.


Réplica e faca usada por casal assaltante, além de celulares, arma e munição recolhidos na casa da vítima
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Sérgio 16 de Julho, 2019 | 20:58
Bandido bom e bandido morto , pronto falei
Faca na Caveira 16 de Julho, 2019 | 13:19
esse john tem problema mental so pode, o cara entra esfaqueia, amarra. e o cara compara com o pobre q faz um gato na energia. que mundo vc vive seu idiota. podia ser vc todo furado na faca
Mauro da Paixao Ferreira 15 de Julho, 2019 | 10:39
Essa maldita agora pensa nos filhotes? Agora se arrependeu. no inferno está cheios de arrependidos, deveria ter tomado umas três azeitona nessa fuça ai seria menos uma bandida também pro comer nas custa do povo .morra sua vaca .
ídolo 13 de Julho, 2019 | 18:43
Ele é um heroi, fez o que muitos não teve a mesma oportuninade .??
Notrew 13 de Julho, 2019 | 14:25
Só não gostei que o dentista foi ferido, e por não ter registro da arma foi apreendida, o certo era ter matado a mulher também , ... tem que acabar com esses vagabundos mesmo , sapecar eles na bala pra que não voltem a prejudicar ninguém mais .
Tem Dó? Leva Pra Casa! 13 de Julho, 2019 | 14:04
CPF cancelado!!!
Vejo até o diabo dançando!
Se soubessem que o proprietário estava armado, acredito que pensariam duas vezes.
Pena que ele vai responder processo, ter encheção de saco por fazer uma limpeza. É o Brasil né.

Adriana Barros de Oliveira Scarabelli 13 de Julho, 2019 | 12:27
Parabéns ao Sr. Sebastião, mas infelizmente vai responder à um processo por ter matado e principalmente por possuir porte ilegal de arma, mesmo que seja em legítima defesa.
Andre 13 de Julho, 2019 | 12:09
Uma desgraça dessa ainda coloca sete filhos no mundo, se Deus não tiver misericórdia serão mais sete bandidos pra dar trabalho a PM
Roberto 13 de Julho, 2019 | 10:52
O jhon . Eu ñ concordo com tudo q vc fala pq a net ñ chega sempre o q vc paga , a água vc paga nem sempre é usada (ar no cano ) luz também ñ pagamos so q usamos . provavelmente vc nunca foi vítima de assalto . Agora se vc ta com dó do ladrão tem muito solto ai na Rua .
Victor 13 de Julho, 2019 | 10:38
BANDIDO BOM É BANDIDO MORTO ! UMA PENA NÃO TER MANDADO PRO INFERNO A GURIA TB!
Samuel Dias 13 de Julho, 2019 | 09:35
O Sr Jonh comentou acima sobre gatos na rede eletrica , agua telefone e etc,, e ele esta certissimo.. so esqueceu de mencionar que as proprias empresas prestadoras destes servicos sao as que mais roubam... e ainda roubam entre aspas...dentro da lei.. cambada de fidumaegua
Pacato Cidadão 13 de Julho, 2019 | 08:18
CPF cancelado com sucesso!!!
Ze Lele 13 de Julho, 2019 | 07:02
Kkkkkkkkkkkk peraí q tem mais um pouco kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk se estrepou ladrão....melhoras ao Sr Tião dentista.
Amor a Deus 12 de Julho, 2019 | 22:35
Achei pouco e bom ?
Jhon 12 de Julho, 2019 | 22:25
É verdade o Brasil estar cheio de ladrão, que faz gato na água, luz na internet na tv, ou isso não é furto?se for Bandido morto sobra ninguém....
Cidadão 12 de Julho, 2019 | 22:03
Bom seria se fosse sempre assim, roubou, morreu.
João Paulo 12 de Julho, 2019 | 20:59
Menos um vagabundo no mundo
Spartacus 12 de Julho, 2019 | 20:25
Que ótima noticia!
Deveriam ser notícias semanais.
Esse ai não rouba mais ninguém.
Esta precisando acontecer isso em Timóteo.
Tia Lila 12 de Julho, 2019 | 20:12
Esse Brasil ta enfestado de bandido.
Enquanto não fizer uma limpa como começou a fazer o dentista, as coisas não vão pra frente.
Parabéns pela atitude.
Por isso a posse e porte se faz necessária.
Ainda bem que tinha uma arma em sua casa, se não tivesse, além de ser roubado, corria sério risco de ser morto pelos meliantes, afinal eram 2 contra 1.
Capitão Bolsonaro 12 de Julho, 2019 | 20:07
Que estes atos se repitam.
BANDIDO bom é BANDIDO morto.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO