Jovens são presas por receptação de celulares no Centro de Ipatinga

Um dos aparelhos de telefone celular era roubado em um bar e o outro furtado dentro de um hospital

Divulgação Polícia Militar


Os dois aparelhos de celular de origem ilícita foram apreendidos pelos PMs

Duas mulheres foram presas por receptação na noite desta quarta-feira (10) na rua Araguari, no Centro de Ipatinga. Elas estavam com aparelhos de telefone celular de origem ilícita, um era furtado e outro celular era produto de roubo, conforme relatou a Polícia Militar durante a verificação de um possível tráfico de drogas ocorrendo em um bar.

As equipes da PM foram até ao estabelecimento comercial, segundo as denúncias, estaria havendo um tráfico de drogas Ilícitas no local. Os policiais realizaram buscas, mas nenhum entorpecente foi encontrado durante a procura dos militares. Contudo, os PMs resolveram verificar os aparelhos celulares das pessoas no bar.

Com D.P.S., de 27 anos, estava em poder dela o celular e ao consultar o IMEI, espécie de número identificador do aparelho, junto ao sistema de dados da Polícia Militar apuro-se que era objeto roubado de um motociclista no último dia 29 de junho. A vítima estava em um bar na rua Sabará, no Centro de Ipatinga.

O segundo aparelho estava com L.C.P., de 25 anos, também estava com problemas. O IMEI dele indicou que era um celular furtado no Hospital Municipal Eliane Martins no dia 15 de fevereiro do ano passado. As duas alegaram aos policiais militares que adquiriram os celulares a R$ 100 cada um em locais diferentes (um no Iguaçu e o outro no Centro). Elas foram encaminhadas para a delegacia de Ipatinga por crime de receptação.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO