Batida de moto com animal mata motociclista

Piloto de motocicleta morreu após acidente com animal solto na pista, na BR-116, em Santa Bárbara do Leste

Se Liga News


Bruno Rocha não resistiu aos ferimentos sofridos no impacto de moto com animal na pista

Um animal solto na BR-116, em Santa Bárbara do Leste, provocou um acidente fatal. Conforme consta no boletim do Corpo de Bombeiros Militar de Caratinga, os militares foram acionados, via 193, para atendimento ao acidente envolvendo uma motocicleta, que tinha dois ocupantes, e se chocou com um animal solto na pista, na noite de terça-feira (9).

Ao chegar ao local, a equipe dos bombeiros encontrou a situação da colisão de uma moto com um cavalo. Uma jovem de 15 anos, que estava na garupa da moto, estava sentada no chão e amparada por terceiros. Ela apresentava fratura em um dos braços e foi imobilizada sendo colocada em prancha, além de diversas escoriações pelo corpo.

Já o piloto da moto, Bruno Rocha Moura, de 25 anos, estava em estado grave, politraumatizado, e, ainda de acordo com o boletim de atendimento, havia a suspeita de hemorragia interna. Ele também foi imobilizado e encaminhado, às pressas, para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Caratinga, onde chegou consciente e dialogando - apesar da grande dificuldade para respirar devido às lesões e, principalmente, ao pneumotórax. Bruno não resistiu aos ferimentos e morreu, ainda na noite de terça-feira.

A Polícia Rodoviária Federal foi acionada, registrou o boletim de ocorrência e determinou a remoção da motocicleta. O proprietário do animal não foi identificado.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO