Adilson deve ficar fora do clássico

Rodrigo Santana deve escalar Zé Welison em seu lugar

Bruno Cantini


Volante não participou dos treinos desta semana por conta de problemas pessoais

Na segunda-feira, o volante Adilson mais uma vez não treinou junto com seus companheiros. O atleta está afastado dos treinamentos desde a última quinta-feira para resolver problemas particulares e dificilmente entrará jogando o clássico contra o Cruzeiro nessa quinta-feira, às 20h, no Mineirão.

Na última semana, o volante estava fazendo treinos físicos na academia e, no fim de semana, foi liberado pelo clube para tratar de questões pessoais. Com a ausência de Adilson, o técnico Rodrigo Santana deve escalar Zé Welison em seu lugar.

Nesta semana, Santana treinou com a equipe titular formada por Victor, Patric, Igor Rabello, Réver e a Fábio Santos; Zé Welison; Chará, Elias, Luan e Cazares; Alerrandro. Ao longo do trabalho, o treinador testou uma formação diferente, o 4-2-3-1, usando Ramón Martínez ao lado de Elias, Geuvânio e Otero com Chará (substituindo Luan e Cazares) e Ricardo Oliveira no lugar de Alerrandro.

O treinador também terá à disposição o meia Nathan, que renovou contrato com o Galo e já está no BID (boletim informativo diário) da CBF.

Arbitragem e torcida

Na segunda-feira, a CBF definiu o árbitro do jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. A partida entre Cruzeiro e Atlético será apitada pelo paulista Raphael Clauss, árbitro Fifa.

Com mando de campo do Cruzeiro, a torcida alvinegra adquiriu, até esta segunda-feira, 3.932 ingressos dos 5.815 bilhetes disponíveis para o time visitante. O número representa dois terços da carga colocada à venda para os atleticanos.

Para o jogo de volta, no Independência, na quarta-feira (17), já foram vendidos 20.567 ingressos, restando apenas entradas de camarotes.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO