Rivalidade no Industrial deixa jovem ferida com tiro no tórax

Polícia registra tentativa de homicídio em Santana do Paraíso, situação que já resultou outros atentados

Wellington Fred


A perícia da Polícia Civil realiza os trabalhos no local do atentado ocorrido no Industrial
Atualizada às 14:19
A jovem Crislane Júlia Borges Silva, de 25 anos, escapou da morte por pouco, ao ser ferida com um tiro no tórax, em uma tentativa de homicídio registrada na rua Ucrânia, no bairro Industrial, em Santana do Paraíso.

O crime foi praticado na noite de quinta-feira (27) e teria ligação com um atentado ocorrido na parte da manhã do mesmo dia, mas sem feridos. O suspeito do atentado já foi identificado pela polícia.

Uma denúncia chegou até a Polícia Militar informando que havia um jovem conhecido como “Genim” disparando uma arma de fogo na rua Ucrânia. No local, os militares confirmaram o atentado, mas a vítima já havia sido socorrida e encaminhada à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), no bairro Canaã, em Ipatinga.

Os atendentes da UPA constataram que o tiro traspassou o tórax e atingiu um dos braços da jovem. Em contato com a vítima, enquanto era atendida na UPA, ela não quis dizer nada sobre o ocorrido aos PMs e relatou que somente falaria para o delegado de Polícia Civil, quando fosse intimada. Apesar deste contratempo, os policiais conseguiram informações anônimas acerca do ocorrido. O acusado do crime, G.F.S., de 25 anos, teria disparado vários tiros e afirmado ainda que “aqui quem manda é nós” (sic).

O Diário do Aço acompanhou o trabalho dos PMs e da perícia da Polícia Civil no local dos fatos. Os policiais recolheram na rua, junto à guia da calçada, um cartucho de arma calibre 7.65 mm e, na varanda da casa de Crislane, três pedaços de chumbo dos projéteis da arma de fogo. Havia marcas de sangue no terreiro.

Caso relacionado

Na parte da manhã vizinhos informaram que escutaram vários disparos de arma de fogo, na rua Glicéria de Almeida, no bairro Industrial. A vítima deste atentado é G.F., que é o suspeito de ser um dos autores dos tiros contra Crislane horas depois. A polícia ainda apura a ligação entre o caso da manhã e o atentado da noite.

A polícia já sabe que o autor do atentado contra G.F. teria sido um adolescente de 17 anos que, armado com uma pistola, tentou matar o jovem. Ele saiu correndo para não ser morto e deixou uma bicicleta para trás. Populares informaram aos policiais que outro adolescente recolheu a bicicleta e ainda os cartuchos de deflagrados, que ficaram espalhados pelo chão. As equipes foram até a casa do adolescente suspeito, mas ele não foi localizado.

Na residência dele foi apreendida a moto Honda Titan 125, placa HBK-3171, veículo furtado em Governador Valadares no último dia 23 de abril. Além da moto foram recolhidos pinos vazios usados para acondicionar cocaína, balança de precisão e outros objetos que seriam oriundos do tráfico de drogas.

Durante as buscas ao menor infrator, a mãe dele procurou a PM para relatar ter sido ameaçada de morte pelo irmão de G.F.. Ele acabou localizado e preso, pois além das ameaças feriu uma criança de quatro anos de idade, ao jogar pedras contra a mulher ameaçada.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO