Cruzeiro entra na disputa com Atlético por Romero e tempo na geladeira pode contribuir

A rivalidade histórica de quase um século agora também passou até para a briga por Angel Romero, do Corinthians

Daniel Augusto Jr./ Agência Corinthians


Com o contrato encerrando no dia 14 de julho, o paraguaio já sabe desde fevereiro que as condições estabelecidas não agradaram o Timão

Nos dias 11 e 17 de julho, os grandes rivais mineiros entram em campo para a disputa das quartas de finais da Copa do Brasil. A rivalidade histórica de quase um século agora também passou até para a briga por Angel Romero, do Corinthians.

A Gazeta Esportiva apurou que a dupla mineira luta pelo jogador. A nova conversa acontece com o Cruzeiro. O técnico Mano Menezes entende que a saída de Rafinha foi sentida no ponto de vista tático e Romero seria o nome ideal para contribuir com o ataque e fazer uma boa recomposição com a defesa.

No entanto, os altos valores da negociação ainda travam o negócio. Romero recebe seus vencimentos em dólar, algo que dificulta, sobretudo porque o Cruzeiro vive dias turbulentos e sua vida financeira não é das melhores.

O Atlético já fez três consultas ao jogador. Primeiro quando a negociação com o Corinthians foi encerrada, depois em abril e agora, nesta parada para a Copa América. Nas três, o clube encontrou problemas para bater o martelo. Os valores pedidos por Romero que ganha em dólar atrapalham – ultrapassam o teto máximo estabelecido pelo clube mineiro.

A ideia de Romero é ir para a Europa. O jogador de 26 anos entende que este é o momento ideal para buscar a sorte em clubes europeus, mas vê pontos que dificultam a situação. O principal deles é o longo tempo afastado dos gramados e a falta de mídia sobre ele.

Com o contrato encerrando no dia 14 de julho, o paraguaio já sabe desde fevereiro que as condições estabelecidas não agradaram o Timão e, por isso, a negociação foi dada como encerrada há meses. Com isso, Romero ficou na geladeira por um longo tempo e “esquecido” para o mercado internacional.

Seus agentes trabalham para leva-lo para fora da América do Sul, mas tem em mãos um destino que agradaria: Belo Horizonte, tanto no Galo quanto no Cruzeiro, mas para isso terá de negociar e reduzir a pedida.

(Gazeta Esportiva)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO