Homem é preso ao tentar matar bêbado a facadas

Vítima xingava o suspeito, que se armou com um facão e cometeu o crime no Morro Padre Rocha, em Coronel Fabriciano

Um homem de 37 anos está recolhido ao Sistema Prisional, autuado em flagrante por tentar matar a golpes de facão Daniel Geraldo de Valadares, de 47 anos. O crime foi praticado na rua Sempre-lustrosa, no aglomerado do Morro Padre Rocha, no bairro São Domingos, em Coronel Fabriciano. O motivo seria uma discussão iniciada pela vítima, que estava com sinais de embriaguez, e passou a xingar o suspeito, R.J.A.

Populares informaram aos policiais militares, chamados ao local dos fatos, que R.J. se encontrava em um bar por volta das 17h30 de domingo (16). Neste momento chegou Daniel e passou a xingar o autor confesso. A vítima, além de palavrões, dizia que R.J. “só matava galinha morta ou comédia”.

Com a situação fora de controle no comércio, R.J. saiu do bar e alegou que voltaria para matar Daniel. Foi até a sua casa, nas proximidades, retornou e cumpriu a promessa. Ele surpreendeu Daniel Geraldo, que se deitou no chão dizendo que “galinha morta, não bota”.

Daniel foi atingido com vários golpes de facão desferidos por R.J. que acabou preso ainda no bar onde começou toda a confusão. Enquanto isso, a vítima ferida foi encaminhada por populares ao Hospital Dr. José Maria de Morais. A equipe hospitalar constatou ferimentos na cabeça e no ombro direito, além de vários machucados pelo corpo.

O homem preso afirmou aos policiais militares que vai matar Daniel logo que sair da cadeia. Ele disse que a vítima lhe chamou de estuprador e até ofendeu sua mãe. R.J. foi encaminhado para o plantão da 1ª Delegacia Regional de Ipatinga e autuado em flagrante por tentativa de homicídio.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO