Bolsonaro diz que presidente do BNDES está com “cabeça a prêmio”

Declaração foi dada na tarde deste sábado

Rovena Rosa/Agência Brasil


Bolsonaro disse que mandou Joaquim Levy demitir o diretor de Mercado de Capitais do BNDES, Marcos Barbosa Pinto

Em entrevista à imprensa na tarde de hoje (15), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, está com a "cabeça a prêmio".
Bolsonaro disse que mandou Joaquim Levy demitir o diretor de Mercado de Capitais do BNDES, Marcos Barbosa Pinto. Acrescentou que, se Barbosa Pinto não for demitido, ele, Bolsonaro, demitirá Levy. O presidente deu a declaração no momento em que deixava o Palácio da Alvorada, em Brasília, e se dirigia à Base Aérea para viajar para o Rio Grande do Sul.

Disse ainda que "governo é assim". Acrescentou, sem dar informações, que "gente suspeita" não pode ocupar "cargos importantes". Na opinião de Bolsonaro, Joaquim Levy e o diretor Marcos Barbosa Pinto não têm sido leais a ele.
Joaquim Levy tomou posse em janeiro como presidente do BNDES. Ainda no ano passado, quando foi escolhido para o cargo, Bolsonaro disse que quem havia "bancado" a indicação dele era Paulo Guedes, atual ministro da Economia. Levy comandou o Ministério da Fazenda no segundo mandato de Dilma Rousseff e deixou o cargo após 11 meses.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO