Pacote de ações em favor de Brumadinho

O ministro Osmar Terra assinou nesta sexta-feira o termo que oficializa a parceria, durante solenidade de inauguração da Estação Cidadania

Mauro Vieira/Ministério da Cidadania


O ministro Osmar Terra assinou nesta sexta-feira o termo que oficializa a parceria, durante solenidade de inauguração da Estação Cidadania, em Brumadinho

O governo federal lançou no sábado (14) um pacote de medidas, em parceira com a iniciativa privada e o terceiro setor, para a reconstrução de Brumadinho (MG), a recuperação da atividade econômica e ao resgate da autoestima da comunidade atingida pelo rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão, da empresa Vale, em 25 de janeiro deste ano. De acordo com o Ministério da Cidadania, a Aliança por Brumadinho inclui ações nas áreas de desenvolvimento social, educação, saúde, cultura, esporte, infraestrutura, meio ambiente e segurança pública.

O ministro Osmar Terra assinou nesta sexta-feira o termo que oficializa a parceria, durante solenidade de inauguração da Estação Cidadania, em Brumadinho. A estrutura, que oferece espaço para atividades de cultura, educação, esporte, formação e assistência social, faz parte do conjunto de ações do governo federal pelo município mineiro.

Terra destacou que a aliança mostra a capacidade da sociedade brasileira de se unir para superar uma tragédia. "Em parceria com o governo de Minas Gerais e a prefeitura, queremos transformar Brumadinho em um piloto de superação, de cidade-modelo em todos os programas do governo federal. Em todas as áreas vai haver um avanço, sempre contando com a parceria da iniciativa privada", disse em nota divulgada pelo ministério.

Entidades parceiras

Entre as ações, a Fundação Pitágoras, braço social da Kroton, uma das maiores organizações educacionais privadas do Brasil, se propôs a disponibilizar às três escolas estaduais de Brumadinho a metodologia de gestão do grupo, com material didático e um programa específico de competências socioemocionais para os jovens. De acordo com o Ministério da Cidadania, o projeto está em andamento e beneficia 1.303 estudantes e 171 educadores.

A Ambev, produtora de várias marcas de bebidas, deve financiar a revitalização do teatro municipal, transformando-o em um teatro-escola para formação de jovens. O projeto da obra está em andamento pela prefeitura de Brumadinho.

O Sistema Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais também participa da parceria com a instalação das unidades móveis do Serviço Social da Indústria (Sesi) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), com cursos de qualificação e capacitação profissional. Um portfólio de cursos também será oferecido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) de Minas Gerais.

Os produtores rurais também estão incluídos no pacote de medidas. De acordo com o Ministério da Cidadania, o Carrefour, uma das maiores redes varejistas do país, está atuando na compra de produtos da agricultura familiar. Em maio, houve a aquisição de 15 toneladas de mexerica de um produtor local, a primeira dentro da parceria.

A Fazenda Alegria, localizada no estado, está capacitando cerca de 50 produtores da cidade, compartilhando ferramentas de gestão e técnicas de produção de leite e de orgânicos. O projeto vai proporcionar mais escala de produção e melhoria na qualidade dos produtos. O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) também vai oferecer capacitações profissionais, assistência técnica e gerencial para cerca de 790 famílias da área rural, inseridas no Cadastro Único.

O governo de Minas Gerais e a empresa Vale também fazem parte da Aliança por Brumadinho. Dentro das ações, estão previstas obras de pavimentação e construção de pontes e viadutos para acesso ao Instituto Inhotim; a reativação da linha férrea para circulação de trem turístico entre Belo Horizonte e Brumadinho, em parceria com o Ministério do Turismo; a implementação da cadeia produtiva da floricultura (Projeto Flores); e a nova instalação de captação de água do Rio Paraopeba em trecho não impactado pelo rompimento da barragem.

(Agência Brasil)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO