Assustadora

Fabricio Pereira

Depois de nove rodadas, é praticamente inacreditável ver a campanha do Cruzeiro até aqui no Campeonato Brasileiro. Inadmissível um elenco tão caro fazer uma campanha tão ruim, a ponto de deixar a equipe na zona de rebaixamento, pelo menos até o dia 14 de julho, quando irá enfrentar o Botafogo em casa.

Mas essa recuperação também vai passar pelo desempenho do time no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, contra o Atlético.

E o que preocupa ainda mais é que um possível insucesso contra seu maior rival pode afetar diretamente o desempenho contra o River Plate, pelas oitavas de final da Libertadores, com jogos agendados para os dias 23 e 30 de julho.

Aliás, que mês! Do dia 10 ao dia 30, serão sete jogos. Todos decisivos. Caso a equipe não passe de fase em pelo menos um dos mata-mata, uma crise sem precedentes pode se instalar no Cruzeiro.

Reforços!?
Que o Atlético precisa se reforçar, isso é fato.
Pelo menos o diretor de futebol, Rui Costa, está demonstrando conhecimento do mercado sul-americano. Já anunciou o lateral esquerdo Lucas Hernandes e o volante Ramon Martínez. Além deles, Otero estará de volta
Mas saberemos de fato se serão reforços depois que entrarem em campo.

Alguns jogadores não irão permanecer. Todos com baixíssima produtividade. Martin Réa já saiu, Carlos Cesar e Leandrinho não deverão ter seus vínculos renovados.

Terans, Maicon Bolt, Lucas Cândido e Hulk deverão seguir outros caminhos também. Baita de uma economia.
Cabe ao time, depois de um início terrível de temporada, seguir firme em uma das competições de mata-mata, Copa do Brasil ou Sul-Americana, e seguir no G4 do Brasileirão pra não correr riscos de ficar de fora da próxima Libertadores e traçar planos audaciosos para a próxima temporada.

Bola na área
Nossa cobertura será pra lá de especial neste domingo (16).
A partir das 8h, nossa equipe estará no Campo do Canaã para a transmissão ao vivo da final do Copa Percy Gonçalves Hiper Máster, para atletas acima dos 55 anos.

Vamos reviver um dos maiores clássicos do nosso futebol nas décadas de 1960 e 1970.

Ipanema e Ipaminas vão duelar na final com grandes jogadores do passado. Quem não puder ir ao estádio poderá assistir ao vivo pelo Facebook do Bola na Área e também na telinha da TV Cultura.

Já na segunda-feira (17), o programa Bola na Área será transmitido direto do Bar do Cupim, no bairro Bom Retiro.
Música ao vivo com Ronilson e convidados. Aguardamos você. Siga-nos ao vivo: Facebook- Bola na Área e Instagran- Bolanaarea.esportes

Contatos com a coluna:
E-mail- fabricio.bolanarea@gmail.com
WhatsApp- (31)98632-3341
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Geraldo Ferreira da Paixao 14 de Junho, 2019 | 18:41
Blz de crónica esportiva. Parabéns FAbrício.
Domingo estarei no campo do Iguaçu para assistir a final. Breve se Deus quizer estaremos juntos de novo. Um gde abraço amigo.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO