Cruzeiro perde último jogo antes da parada da Copa América

O Cruzeiro tentou o empate, mesmo com o adversário com um a menos desde os 15 minutos do segundo tempo, mas não teve êxito nos lances

Bruno Haddad/Cruzeiro


Mesmo com um jogador a mais, o Cruzeiro não conseguiu reverter o placar
Na noite desta quarta-feira (12), o Cruzeiro não mostrou entusiasmo e perdeu por 2 a 1 para o Fortaleza, no Castelão, em jogo válido pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols do time da casa foram marcados pelo atacante André Luis, por duas vezes. Sassá descontou para o Cruzeiro, quando o jogo estava empatado.

O Cruzeiro tentou o empate, mesmo com o adversário com um a menos desde os 15 minutos do segundo tempo, mas não teve êxito nos lances.

O Jogo
O Fortaleza começou o jogo em cima do Cruzeiro e chegou ao primeiro gol logo aos três minutos. Cruzamento de Carlinhos, André Luis antecipou a zaga e de peixinho abriu o placar.

O Cruzeiro respondeu aos 10 minutos, e empatou o jogo. Pedro Rocha recebeu na intermediária e tocou para Sassá na entrada da área, o centroavante girou e bateu para o gol, a bola dividiu com o marcador e enganou o goleiro, morrendo no fundo das redes. 1 a 1.

Seis minutos depois, grande chance para o Fortaleza. Cobrança de falta pela lateral direita, Nathan ganhou da zaga e cabeceou, Fábio espalmou a bola e ela ainda bateu na trave.

O Cruzeiro voltou com perigo aos 30 minutos. A bola foi trabalhada pelo lado direito e sobrou para Ariel Cabral na entrada da área, o volante arriscou para o gol e Felipe Alves fez a defesa.

O Fortaleza passou na frente do placar no último lance do primeiro tempo aos 46 minutos. Juninho bateu falta, a barreira deu rebote, ele pegou de volta e cruzou, André Luiz, como no primeiro gol, adiantou a zaga e cabeceou para as redes. 2 a 1.


Segundo Tempo

Aos 21 do segundo tempo, o jogador Nathan, volante do Fortaleza, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Aos 23, Pedro Rocha fez excelente jogada, driblou os marcadores entrou na área e bateu cruzado, ninguém completou o lance.

O Cruzeiro chegou mais uma vez com perigo aos 36 minutos; grande jogada, a bola sobrou para Lucas Romero, ele cruzou e a zaga aliviou o perigo.

Com um jogador a mais, o Cruzeiro tentou criar chances, mas não foi suficiente para buscar o resultado de empate e acabou amargando mais uma derrota na competição nacional.

FICHA TÉCNICA
Fortaleza 2 X 1 Cruzeiro
Motivo: 9ª rodada - Campeonato Brasileiro
Data: 12/06/2019 (quarta-feira)
Local: Castelão, em Fortaleza - Ceará, Brasil
Gols: André Luis aos três, Sassá aos 10 e André Luis aos 46 do primeiro tempo.
Árbitro: Heber Roberto Lopes
Cartões amarelos: Léo, Ariel Cabral, Dodô, Dedé, Robinho, Lucas Romero (Cruzeiro), Nathan (Fortaleza)
Cartão vermelho: Nathan (Fortaleza)

Fortaleza: Felipe Alves, Gabriel Dias, Quintero, Nathan e Carlinhos; Juninho, Felipe, Dodô e Romarinho (Derley); Marcinho (Matheus Alessandro) e André Luis (Tinga). Técnico: Rogério Ceni.

Cruzeiro: Fábio, Lucas Romero, Dedé, Léo, Dodô (Marquinhos Gabriel); Ariel Cabral (Jadson), Henrique, Robinho, Thiago Neves, Pedro Rocha; Sassá (Raniel). Técnico: Mano Menezes.
(Com informações: Site oficial do Cruzeiro)

Mano falaem 'reformular algumas coisas'

Após o novo revés, na capital cearense, o técnico Mano Menezes destacou que, apesar de o Cruzeiro ter esboçado uma melhora nos últimos jogos (vinha de empates com São Paulo, no Pacaembu, e Corinthians, no Mineirão), já não é possível dizer que a Raposa atravessa uma fase ruim, além de falar em "reformular algumas coisas".

"Não temos muita explicação para dar. Tem que assumir os fatos como eles são. Hoje, mais uma vez, jogamos um tempo só. Primeiro tempo muito ruim, erramos praticamente tudo. Tomamos um gol com muita facilidade, depois tomamos outro no fim do primeiro tempo. Não podemos reclamar pela produção do Fortaleza. Correr atrás, você faz esforço, tivemos chances para empatar, mas é mais difícil da bola entrar. Tivemos um momento de queda brusca, muito acentuada. Melhoramos em três jogos, quatro jogos", avaliou.

Em seguida, Mano afirmou que: "Hoje seria difícil contra o Fortaleza, mas nós tornamos as coisas mais difíceis na primeira parte (do jogo). Vamos encerrando essa parte até a parada para a Copa América, temos que trabalhar, reformular algumas coisas. Já não é mais uma fase. São coisas marcantes, que temos que pensar mais na frente", detalhou.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO