Embraer exibe no Paris Air Show o avião multimissão KC-390

Os investimentos requeridos para o seu desenvolvimento integraram o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), a partir de 2011

A Embraer levará à 53ª edição do Paris Air Show Internacional, na França, o primeiro avião de transporte multimissão KC-390 de produção na configuração que será operada pela Força Aérea Brasileira (FAB).

A aeronave, de número 004, participará do principal evento da indústria aeronáutica deste ano, que acontece de 17 a 23 de junho, no aeroporto de Le Bourget, onde realizará demonstrações aéreas nos dois primeiros dias da feira. Em comum acordo com a FAB, o avião retornará ao Brasil após o evento para dar início ao processo de aceitação e entrega.

“A produção da primeira aeronave que será entregue à FAB marca uma importante mudança na dinâmica da Embraer no mercado”, disse Jackson Schneider, presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança. “O KC-390 é um avião multimissão que tem despertado grande interesse internacional e o Paris Air Show é o evento ideal para exibir a aeronave na configuração que será operada pela FAB, comprovando sua flexibilidade, desempenho e produtividade superiores”.

“A expectativa para a entrada em serviço é enorme pelo fato da aeronave ser um marco na aviação militar, onde sua modernidade trará uma implementação e aperfeiçoamento na doutrina de emprego desse vetor multimissão, contribuindo sobremaneira para o cumprimento da missão da FAB de controlar, defender e integrar”, concluiu o Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, Comandante da Aeronáutica.

O Programa KC-390 já alcançou alguns marcos importantes, como o Certificado de Tipo da Agência de Aviação Civil (ANAC), do Brasil, e a produção da primeira aeronave de série, que realizou o primeiro voo em outubro de 2018. A campanha de testes em voo atualmente acumula mais de 2.200 horas de voo.

O KC-390 da Embraer é uma aeronave de transporte tático, desenvolvida para estabelecer novos padrões na sua categoria, apresentando ao mesmo tempo o menor custo do ciclo de vida do mercado. É capaz de realizar diversas missões, como transporte e lançamento de cargas e tropas, reabastecimento em voo, busca e salvamento e combate a incêndios florestais.
Divulgação Embraer


O KC-390 é um avião multimissão que tem despertado grande interesse internacional

Histórico

O projeto do KC-390 é resultado do trabalho da Embraer Defesa e Segurança, divisão criada em 2011 como o braço da empresa encarregado do desenvolvimento de projetos militares. Entre estes, encontra-se a principal aposta da empresa: o cargueiro militar KC 390.

O projeto é fruto de contrato assinado entre a Força Aérea Brasileira e a Embraer. Os investimentos requeridos para o seu desenvolvimento integraram o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), garantindo priorização em sua execução orçamentária.

Com o KC-390, a Embraer busca ocupar um espaço importante no mercado mundial de transportes militares de 20 toneladas, passando a competir diretamente com empresas como a estadunidense Lockheed Martin, a européia AirBus e a ucraniana Antonov.

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO