Resultado do SISU 2019 é divulgado

Último balanço do MEC apontou 575 mil inscritos no processo seletivo do segundo semestre

Divulgação


A edição do segundo semestre ofertou 59 mil vagas

O resultado do Sistema de Seleção Unificada 2019 foi divulgado nesta segunda-feira (10), na página do processo seletivo disponível na internet. A informação foi divulgada pelo MEC no Twitter, na manhã de hoje. Os aprovados no SiSU 2019.2 devem realizar a matrícula entre os dias 12 e 17 de junho, de acordo com o cronograma específico divulgado pela Instituição de Ensino Superior (IES) em que foi aprovado.

A edição do segundo semestre ofertou 59 mil vagas. As inscrições foram encerradas na última sexta-feira (7), com mais de 575 mil candidatos, de acordo com o Ministério da Educação (MEC). Três estados representavam 37% dos inscritos até o último dia de inscrição: Rio de Janeiro (74.730 pessoas); Minas Gerais (68.133) e Bahia (52.048).

Nota de corte do SiSU 2019
O MEC também divulgou dados sobre as maiores notas de corte do SiSU 2019.2, compiladas até o último dia de inscrição. O curso de Direito da Universidade Federal Fluminense (UFF), ofertado em Volta Redonda, foi o mais disputado: 836,10 pontos na Ampla Concorrência e 825,41 pontos para os que concorrem por meio da Lei de Cotas.

Em seguida, aparecem os cursos Produção Sucroalcoleira (822,64), ofertado pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB); Medicina (819,51), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ); e Medicina
(810,54), da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP). Todas as notas foram registradas na modalidade Ampla Concorrência. (Agência Educa Mais Brasil)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO