O sistema de estimulação neuroauditiva (Sena)

Renata Matos Pereira *

A Fonoaudiologia é uma ciência que atua na prevenção, avaliação e tratamento da aquisição e desenvolvimento da linguagem oral e escrita, da voz, das funções oromotoras (respiração, sucção, mastigação, deglutição, fonação e a articulação) e da audição, em todas as fases da vida humana.

E em cada uma dessas fases, seja um bebê, criança, adolescente, jovem ou idoso, as informações colhidas do meio no qual estão inseridos, chegam por meio do sistema sensorial.

A audição é um desses canais de entrada e faz parte de um importante processo que permite identificar e interpretar os estímulos. A precisão para processar tais estímulos dependerá da forma como eles são emitidos e recebidos.

O sistema auditivo periférico (orelha externa, média e interna) é responsável pela captação e transmissão do som até as vias auditivas centrais. O sistema auditivo central é composto por vias, nervos auditivos que levam o som para o cérebro, o qual irá interpretar a informação sonora, fazendo com que o indivíduo entenda o que ouviu.

Muitas vezes, o sistema auditivo periférico pode estar íntegro, entretanto a informação que chega ao cérebro apresenta distorções que dificultam o entendimento. Como resultado, surgem queixas como alterações na fala, dificuldades na interpretação da mensagem ouvida, falhas na aprendizagem, dificuldade de se concentrar, entre outros.

Para as diversas dificuldades existem tratamentos que estimulam as habilidades necessárias para que haja o aprendizado esperado.

Dentre as diversas abordagens de intervenção, o SENA (Sistema de Estimulação Neuroauditiva) se destaca por ser um estímulo que gera resultados a curto prazo.

O QUE É? Recém-chegado ao Brasil (2016), o Sena é um sistema de estimulação desenvolvido na Espanha e realizado com um software, o qual é ajustado por um fonoaudiólogo especialista no procedimento. É um estímulo não invasivo criado para potencializar as terapias fonoaudiológicas.

COMO É REALIZADO? Consiste em 10 a 15 sessões de 45 minutos cada, onde o paciente escutará um arquivo de áudio contendo música e fala ou apenas música, com frequência e intensidade programadas conforme o caso. A estrutura harmônica do som é modificada mediante filtros e equalizadores, por meio de fones de ouvido com características técnicas específicas.

O estímulo sonoro passa pela orelha externa, média e interna e em seguida chega às vias auditivas centrais, permitindo uma reorganização e favorecendo melhores resultados nos processos de percepção, atenção e memória.
QUAIS BENEFÍCIOS? Essa estimulação permite aprimorar a capacidade auditiva de perceber, receber e processar a informação e assim entender e compreender melhor os sons da fala. Melhora as habilidades de percepção, atenção, concentração, discriminação e memória auditivas, as quais são fundamentais para o desenvolvimento e aprimoramento da aprendizagem, seja ela em âmbito escolar ou profissional. Auxilia também no aprendizado de línguas estrangeiras e habilidades musicais.

QUEM SE BENEFICIARÁ? É recomendado para todas as idades e complementa o tratamento das seguintes alterações: trocas na fala; dificuldade em ouvir sons; dificuldade de compreender o que as pessoas falam; alteração no desenvolvimento da linguagem; dislexia; transtorno da aprendizagem ou baixo rendimento escolar; transtorno do processamento auditivo central; dificuldade no comportamento; TDA/H (transtorno do déficit de atenção com ou sem Hiperatividade); usuários de aparelho auditivo, pacientes com Implante coclear.

ONDE ENCONTRAR? A equipe de Fonoaudiologia do Centro Clínico Salute, interessada em alcançar melhores resultados em suas intervenções e favorecer a evolução de seus pacientes, traz para o Vale do Aço e região uma nova abordagem para sua intervenção, o Sena. A equipe conta com duas fonoaudiólogas homologadas, Renata Matos e Sueli Araújo, ambas capacitadas para a aplicação. O contato pode ser feito na rua Palmeiras, bairro Horto. (31)3824 8078.

Embora os resultados sejam rápidos e animadores, é importante ressaltar que não se trata de uma “fórmula mágica” que substituirá a fonoterapia. Entretanto, o tratamento realizado com o Sena promete estimular o sistema auditivo central, potencializando a intervenção fonoaudiológica e alcançando resultados a curto prazo.

* Mestre em Fonoaudiologia – PUC/SP, Especialista em Motricidade orofacial – FCM/BH, Fonoaudióloga Clínica – Centro Clínico Salute

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO