Curso de teatro para pessoas com deficiência chega à região

Conforme os organizadores, o curso é para iniciantes e também para quem já possui experiência teatral

Divulgação


As aulas serão realizadas no Espaço Cultural Ofício e Arte, no bairro Limoeiro

O Espaço Cultural Ofício e Arte (Ecoar), com sede no bairro Limoeiro, em Ipatinga, abre inscrições para o projeto "Sem Limites Na Cena - Curso Livre de Teatro para pessoas com e sem deficiência". Por meio desta iniciativa, o Vale do Aço terá um curso teatral que abre espaço para que pessoas com e sem deficiência possam exercitar sua aptidão artística, com igualdade de oportunidades.

As aulas serão ministradas pelo ator, diretor, dramaturgo, produtor e gestor cultural Mati Lima, que é coordenador geral do Ecoar e possui 20 anos de carreira, sendo os últimos sete anos trabalhando com foco na produção e promoção da acessibilidade na cultura.

Entre os projetos acessíveis realizados por Mati Lima destacam-se: a co-fundação em 2014 da PAR Cia de Teatro, na cidade do Rio de Janeiro, uma companhia com atores profissionais com e sem deficiência; a direção em 2015 do espetáculo infantojuvenil "Nhac! Uma Lição de Queijo" de Ed Anderson, que teve em seu elenco atores com deficiência visual e atores sem deficiência; a idealização e coordenação em 2016 do projeto "Incubadora Cênica - Curso Livre de Teatro para pessoas com e sem deficiência" da PAR Cia de Teatro; a coordenação geral e assistência de direção do espetáculo infantil "Ventaneira - A Cidade das Flautas" de Moira Braga (artista com deficiência visual) e direção de Morena Cattoni.

"Venho trabalhando desde 2012 em projetos culturais acessíveis, tendo viajado para várias cidades brasileiras na promoção e difusão da acessibilidade cultural. Implementar um curso de teatro para pessoas com e sem deficiência numa cidade do interior, em especial na região do Vale do Aço, que se destaca como um polo cultural no estado de Minas Gerais, possui um significado imenso para a cultura brasileira. Poucas cidades possuem projetos voltados para a o exercício artístico da pessoa com deficiência", pontua Lima.

Curso

Conforme os organizadores, o curso é para iniciantes e também para quem já possui experiência teatral. Terá duração de 10 meses e atenderá a faixa etária dos 10 anos até a terceira idade. Serão disponibilizadas apenas 15 vagas. As aulas terão início no dia 17 de junho, às segundas e quartas-feiras, das 14h às 17h. Os interessados poderão se inscrever pelo e-mail: ecoarcultural@gmail.com e na sede do Ecoar que está localizada na Avenida José Anatólio Barbosa, 1385, Limoeiro. Mais informações no telefone (31) 99283-4229.

Ao término do curso, será montado um espetáculo com os alunos, sendo apresentada em um dos teatros da cidade. Os alunos que cumprirem 75% da carga horária do curso receberão certificado.

“O projeto tem o objetivo de iniciar os alunos no exercício cênico acessível. Será um local de encontro, experimentação, investigação, conscientização e troca de experiências. Nosso diferencial está em oferecer um curso cuja metodologia foi estruturada para atender as necessidades de todos, além, claro, de toda minha experiência na área. A proposta é o curso se adaptar aos alunos e não o contrário. Gosto de dizer que é um projeto não excludente, pois ele já foi planejado para atender ao publico com deficiência”, explica Mati Lima.

“Por meio do curso queremos mobilizar a classe artística do Vale do Aço para a inclusão dos artistas com deficiência em suas produções culturais, dando a eles a oportunidade de serem mais do que meros espectadores”, desta Lima.

Sobre o Ecoar

Idealizado pelo ator e produtor Mati Lima, quando ainda residia na cidade do Rio de Janeiro; o projeto ganhou força com seu retorno a Ipatinga e adquiriu forma por meio da parceria com o ator e diretor Marrione Warley.
O Ecoar surge como um território de criação, produção e difusão cultural, tendo como proposta ser um espaço de convivência artística e social para moradores das regionais VIII e IX; e todo Vale do Aço. O espaço atuará em diferentes áreas das manifestações artísticas oferecendo espetáculos, cursos permanentes de teatro, oficinas, debates e outras atividades.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO