Gaeco realiza operação Fronteira na região

Equipes fizeram a prisão de envolvidos com diversos crimes comandados por um suspeito que mora no exterior

Arquivo / Diário do Aço


Entre os presos, estariam indivíduos planejando ataques a caixas eletrônicos

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e Ipatinga desencadeou na manhã desta sexta-feira (7) a Operação Fronteira. Foram cumpridos diversos mandados de prisão temporária e ainda de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Caratinga.

As investigações começaram em 2018 pelo Gaeco, composto por integrantes do Ministério Público Estadual, polícias, Civil e Militar, da Regional de Ipatinga. O nome dado à operação de “Fronteira” levou em conta o compartilhamento de informações entre integrantes da área de Inteligência da PM a respeito de infratores residentes em municípios vizinhos à área de atuação do Gaeco.

Os investigados estariam com potencial de risco no planejamento de ataques a estabelecimentos bancários localizados nas regiões circunvizinhas. As diligências foram realizadas por equipes da PM nas cidades de Periquito, Governador Valadares, Aimorés, Caratinga e Manhuaçu. Os presos investigados estariam envolvidos com crimes contra o patrimônio e especialmente ataques a estabelecimentos bancários em cidades próximas a Ipatinga e região.

A Justiça de Caratinga expediu mandados de prisões temporárias de 30 dias e 16 Mandados de Busca e Apreensão. R.N.S., foi preso e teve apreendido um aparelho celular e cerca de R$ 2 mil. Já E.V.C.L., ao ser preso, estava com um revólver calibre 32, um celular e cerca de R$ 2,5 mil. O terceiro preso na operação é L.S.A. e teve recolhido seu celular. Aparelhos serão submetidos à perícia.

Fontes do Gaeco informa que durante o dia outras pessoas podem ser presas, pois o trabalho terá desdobramentos daqui para a frente. Os suspeitos detidos serão encaminhados para as Delegacias locais onde ficarão à disposição da Justiça.

A investigação aponta como líder operacional do tráfico, R.F.G. Ele mora nos Estados Unidos com a mulher e, mesmo no exterior, controla as ações criminosas do seu bando. Ele ainda não foi encontrado, até o momento naquele país, segundo informou o Gaeco.



Gaeco realiza operação Fronteira na região
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO