Casa Cult promove Arraiá da Pedra Mole em Ipatinga

Para reforçar a tradição, neste ano, a festa junina do Cariru, que ocorre há mais de 25 anos, traz o nome Arraiá da Pedra Mole, um tributo à primeira estação ferroviária da cidade

Carolina Queiroz


Evento será realizado no sábado e domingo, no bairro Cariru

Bandeirinhas, fogueira, quadrilha, música e muitas barraquinhas com as comidas típicas da mais tradicional festa popular de Minas Gerais. Quem é que não gosta de uma boa festa junina? Para manter e valorizar essa tradição, a Casa Cult realiza nos dias 8 e 9 de junho, o Arraiá da Pedra Mole, com um componente especial: a valorização de um monumento tombado pelo Patrimônio Histórico de Ipatinga. No sábado (8), a festa começa às 19h e no domingo (9), a partir das 16h, sempre na Rua Estados Unidos, no bairro Cariru, em Ipatinga. A entrada no evento é gratuita.

A música que vai animar o Arraiá da Pedra Mole ficará por conta do Trio Saculejado, apresentando seu forró de primeira linha no sábado. A festa será reforçada ainda com a apresentação da quadrilha do Instituto Humanizar e outras apresentações artísticas. No domingo terá apresentação folclórica de marujada, depois o som fica por conta do Trio Cangaia de Aço e para fechar a noite: Adê Araújo e Banda.

Conforme os organizadores do evento, na área de gastronomia as opções de quitutes e bebidas típicas são muitas e de boa qualidade: quentão, canjicão, canjiquinha e outras bebidas “quentes” para aquecer o inverno dos ipatinguenses. As barracas serão de responsabilidade de entidades e grupos organizados com o objetivo de angariar renda para custeio de suas atividades filantrópicas.

Memória

Para reforçar a tradição, neste ano, a festa junina do Cariru, que ocorre há mais de 25 anos, traz o nome Arraiá da Pedra Mole, um tributo à primeira estação ferroviária da cidade. “A Casa Cult sempre se preocupou com a salvaguarda da nossa memória e valorização do nosso patrimônio cultural e histórico, e por conta disso escolhemos revalorizar a Estação Pedra Mole. Para quem não sabe, as ruínas da estação estão localizadas às margens do Rio Piracicaba, em frente à Mata do Parque, entre os bairros Castelo e Cariru. A primeira estação ferroviária de Ipatinga foi inaugurada em 1922 e nossa intenção é homenagear, proteger, e manter viva a memória do patrimônio tombado pelo município”, detalha a coordenadora geral da Casa Cult, Isabella Ribeiro.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO