Ex-secretário de Barão de Cocais é preso em ação da Polícia Civil

Operação investiga extração ilegal de minério em Mariana

O ex-secretário municipal de Meio Ambiente de Barão de Cocais (MG), Nivaldo Nunes de Souza, foi detido hoje (23), em caráter temporário, em uma operação deflagrada pela Polícia Civil para apurar a suspeita de extração ilegal de minério em Mariana (MG) e região.

Suspeito de participação no suposto esquema de favorecimento ilícito, Souza está detido em uma delegacia de Mariana, a cerca de 70 quilômetros de Barão de Cocais. A suspeita é de que mineradoras operavam sem autorização, de forma clandestina, na região.

Entre 2005 e 2012, Souza ocupou diversos cargos na prefeitura de Barão de Cocais.

Por telefone, o advogado do ex-secretário, Antônio Eustáquio de Almeida, informou à Agência Brasil que seu cliente permanece sozinho em uma sala da delegacia de Mariana. A defesa ainda está se inteirando do teor das acusações e aguardando para conversar com o delegado e com Souza e só depois disso se manifestará sobre o assunto.

Mais dois mandados judiciais de prisão temporária e cinco de busca e apreensão estão sendo cumpridos na chamada Operação Curupira, realizada, simultaneamente, em Belo Horizonte, Mariana, Santa Bárbara e Barão de Cocais.

Sessenta policiais civis participam da ação, que tem apoio da Superintendência Regional de Meio Ambiente (Supram).

(Alex Rodrigues - Repórter da Agência Brasil)

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO