Mais de 3 toneladas de maconha apreendidas em Juiz de Fora

Para delegado, sítio na Zona da Mata funcionava como “porto seco” para recebimento e redistribuição de drogas, fuzis e munições

Divulgação


Investigação aponta que mineiro atuava com traficantes do Rio de Janeiro para distribuir entorpecentes e armamento, em Juiz de Fora e capital fluminense

A Operação Murum, deflagrada pela Delegacia Especializada Antidrogas da Polícia Civil de Minas Gerais, prendeu um homem de 38 anos em Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira, e apreendeu um carregamento de maconha, armas de grosso calibre, um caminhão e um automóvel.

O trabalho resultou na apreensão de três toneladas de maconha, além de 35 armas - 10 de grosso calibre - e aproximadamente mil cartuchos de munição de calibre variado, incluindo para rifles 762 e 35.

O material foi encontrado no fundo falso de um caminhão que estava em um sítio localizado no bairro Torreões.

A informação é do delegado regional da PC, Armando Avólio, segundo o qual a operação começou no fim da tarde de terça-feira e seguiu durante toda a madrugada de quarta-feira (22).

“O sítio funcionava como um ‘porto seco’, onde os carregamentos vindos do Paraguai eram recebidos e repartidos entre a cidade mineira e a capital fluminense”, esclareceu o delegado.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO