A Bela e a Fera está de volta

Espetáculo fez muito sucesso e lotou teatro em Ipatinga no início do ano

Divulgação


A Bela e a Fera: uma história de amor com final feliz
A Bela e a Fera foi o espetáculo de maior público no teatro do Centro Cultural Usiminas no Festival de Verão Vale do Aço 2019. Pois agora o musical está de volta à cidade.

O conhecido clássico infantil da Disney, com adaptação de João Sabará, promete encantar o público com uma linda história de amor recheada de personagens inesquecíveis, músicas cantadas ao vivo, cenas com efeitos especiais e figurinos deslumbrantes.

No dia 9 de junho, domingo, as 17h, A Bela e a Fera estará novamente no palco do teatro do Centro Cultural Usiminas.

O conto de fadas A Bela e a Fera surgiu no século 18, em uma publicação anônima de Gabrielle-Suzanne Barbot de Villeneuve, a Madame de Villeneuve, que em 1740 publicou em um jornal francês a história original de A bela e Fera, com mais de 300 páginas.

Divulgação


No palco, personagens encantadores divertem e surpreendem
A história foi reescrita em 1757, por Jeanne-Marie Leprince de Beaumont, ou Madame Leprince de Beaumont, que ocultou alguns fatos da história original. Em 1991, a produtora Walt Disney transformou a história para a que conhecemos atualmente.

Em uma pequena aldeia da França, a jovem Bela, inteligente e sonhadora, é considerada estranha por todos. Para piorar, o inventor Maurice, pai dela, é visto como louco. O bonitão da aldeia, Gaston, a corteja e quer casar com ela. E apesar de todas as jovens da aldeia acharem Gaston bonito, Bela não o aceita, pois vê nele uma pessoa exibida e arrogante.

Quando o pai de Bela vai ao concurso de Lyon mostrar sua nova invenção, ele acaba se perdendo na floresta e é atacado por lobos. Desesperado, Maurice procura abrigo em um castelo, mas acaba aprisionado pela Fera, o senhor do castelo, que na verdade é um príncipe que foi amaldiçoado por uma feiticeira quando negou abrigo a ela.

Divulgação


A Bela e a Fera fez sucesso no festival de Verão 2019
Bela sente que algo aconteceu ao seu pai e vai procura-lo. Ela chega ao castelo e faz um acordo com a Fera: se seu pai for libertado ela ficaria no castelo para sempre. A Fera concorda e todos os ‘moradores’ do castelo, que também foram transformados em objetos falantes, sentem que esta pode ser a chance do feitiço ser quebrado.

Mas isto só acontecerá se a Fera aprender a amar e a ser amado. O que parecia impossível, enfim acontece. Bela vê além das aparências e o ensina o verdadeiro significado do amor.

SERVIÇO:
A Bela e a Fera
Domingo – 9 de junho – 17h
Teatro do Centro Cultural Usiminas

Ingressos antecipados a R$ 15 * (valor promocional para todos até duas horas antes do espetáculo) à venda na bilheteria do Centro Cultural Usiminas, Livraria Uni Duni e Lê, Baby Shop (Ipatinga e Coronel Fabriciano) e no site Eventim.com.br. Classificação Livre.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO