A Dona do Pedaço’ estreia nesta segunda

Novela tem a difícil missão de recuperar a audiência perdida com a exibição de 'O Sétimo Guardião'

O ‘Sétimo Guardião’ surgiu como novidade no horário das 21h da Globo, prometendo uma novela ágil, cheia de efeitos visuais e tendo o realismo fantástico como um dos chamarizes da trama.

Mas o ‘Sétimo Guardião’ não decolou, Aguinaldo Silva se perdeu no enredo e escreveu uma trama confusa e sem sentido, desperdiçando o talento de vários artistas da emissora.

Mas isso já é passado e a bola da vez agora é ‘A Dona do Pedaço’. Escrita por Walcyr Carrasco, com direção artística de Amora Mautner e estrelada por Juliana Paes, a nova novela tem tudo para apagar os rastros de tragédia de sua antecessora.

João Miguel Jr-RG


Juliana Paes estrela a novela ?A Dona do Pedaço?, na qual interpreta Maria da Paz, que faz bolos como ninguém
‘A Dona do Pedaço’ exalta o poder feminino por meio da trajetória de Maria da Paz (Juliana Paes), uma jovem humilde, da cidade fictícia de Rio Vermelho, no Espírito Santo.

Maria vem de uma família de justiceiros profissionais, os Ramirez, e se apaixona pelo advogado Amadeu (Marcos Palmeira), formado em Vitória e membro da principal família rival nos negócios, os Matheus.

A obra, dividida em um prólogo e duas fases, traz uma história de amor com elementos de um dos maiores clássicos da literatura mundial: Romeu e Julieta, de William Shakespeare, sem perder de vista o humor, que passeia por toda a trama.

“A Dona do Pedaço é uma novela que fala de coragem e esperança. Acredito que as pessoas podem subir na vida utilizando o que já sabem, um dom, a vontade de lutar e trabalhar. Traz a certeza de que todos podem encontrar seu lugar no mundo”, ressalta Walcyr.

De justiceira a confeiteira
Maria tem uma infância livre e mantém o hábito de ficar na cozinha ao lado de sua avó Dulce (Fernanda Montenegro), com quem aprende a fazer bolos. Essa rotina a seduz mais do que as atividades impostas pelo pai, Ademir (Genézio de Barros), que quer transformá-la em justiceira.

João Miguel Jr/RG


Marcos Palmeira vive o advogado Amadeu, que após um atentado deixa o Espírito Santo se muda para São Paulo
Na década de 1990, Maria e Amadeu se conhecem num passeio a cavalo. Ao descobrirem sobre a rivalidade de suas famílias, sugerem um pacto de paz para viverem o romance e marcam o casamento. Mas Amadeu leva um misterioso tiro no altar e, após a tragédia, a família dele promete vingança.

As primeiras vítimas são Fabiana (Maria Clara Baldon/Nathalia Dill) e Virgínia (Duda Batista/Paolla Oliveira), sobrinhas de Maria e filhas de Zenaide (Maeve Jinkings).

Vicente (Álamo Facó), irmão de Amadeu, fica com a encomenda de matar as meninas, mas só consegue capturar Fabiana e, sem coragem de executar o serviço, deixa-a num convento.

Ao saber do sumiço de Fabiana, a família tira Zenaide e Virgínia da cidade, mas outra tragédia acontece. A criança se separa da mãe e se perde pelas ruas de Vitória.

João Miguel Jr/RG


Dulce (Fernanda Montenegro) é a matriarca dos Ramirez. A avó de Maria faz tudo para defender sua família
Maria conta com a ajuda da mãe Evelina (Nívea Maria) e do Padre (Fernando Eiras) para fugir. Ela consegue abrigo na casa de Marlene (Suely Franco), prima do sacerdote, no bairro do Bixiga, em São Paulo, e começa uma nova vida com a promessa de reencontrar as sobrinhas.

Com o passar do tempo, recebe a notícia da morte de Amadeu, sem saber que a mentira se trata de um acordo entre as mães, Nilda (Jussara Freire) e Evelina, que decidem dizer para ambos que os dois estão mortos.

Como se não bastasse o sofrimento pela ‘morte’ do amado, Maria se vê grávida e sem emprego, mas é incentivada por Marlene e Eusébio (Marco Nanini) a vender bolos como forma de sustento. O negócio dá tão certo que, 20 anos depois, Maria é dona de uma cadeia de confeitarias.

A trama, digna de um dramalhão mexicano, daqueles que passam nas tardes do SBT, tem tudo para agradar o telespectador e fazer a audiência do horário subir. Agora, só resta esperar a estreia, nesta segunda-feira (20).
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO