Atendimentos nas agências do INSS é tema de audiência pública

A audiência será realizada às 15h na Câmara Municipal de Coronel Fabriciano

Divulgação


Sessão solicitada pelo deputado estadual Celinho Sinttrocel será realizada em Coronel Fabriciano

Na próxima sexta-feira (17), às 15h, a Comissão do Trabalho, Previdência e Assistência Social da Assembleia Legislativa de Minas Gerais realiza audiência pública para debater a qualidade do atendimento das agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Vale do Aço. A audiência será realizada por solicitação do presidente da Comissão, deputado estadual Celinho Sinttrocel.

Conforme apontado por Celinho, o INSS, que é alvo de uma proposta de reforma impactante que está em tramitação no Congresso Nacional, já iniciou um desmonte no atendimento aos beneficiários do sistema previdenciário.

“Diariamente chegam ao meu gabinete denúncias sobre processos represados, atrasos nos processos de avaliação e outras limitações; como falta de pessoal para atendimento presencial, proibição de acesso às instalações da agência, fazendo com que o usuário aguarde atendimento na rua”, citou o parlamentar, apontando ainda outras reclamações dos usuários, como a retirada de perícia da agência de Coronel Fabriciano. “Pra nós, fica evidente que as agências do INSS nas cidades da Região Metropolitana do Vale do Aço não estão conseguindo atender às demandas e nem garantir à população o que lhes é de direito”, destacou Celinho.

A audiência pública tem apoio das Câmaras Municipais de Coronel Fabriciano, Timóteo e Ipatinga, além de Sindicatos, Associações de Aposentados e entidades comunitárias que trabalham no apoio a processos previdenciários.

A audiência será realizada às 15h na Câmara Municipal de Coronel Fabriciano e deverá contar com a participação de especialistas em direito previdenciário, superintendentes regionais do INSS e entidades representativas de trabalhadores, empresariais e comunitárias.

Já publicado

Gerente do INSS descarta fechamento de agência em Coronel Fabriciano

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO