Falsários são presos vendendo ingressos para show em Timóteo

Dupla comercializava a R$ 80 ingressos para o Fest Country, que começa nessa sexta-feira

Reprodução PMMG


Centenas de ingressos com indícios de falsificação foram apreendidos na noite de quinta-feira, 9

Dois homens foram presos na noite passada, acusados de revenderem ingressos falsos, para o Fest Country, agendado para ser realizado em Timóteo entre essa sexta-feira e domingo (12).

A ocorrência foi registrada por volta de 20h30, na avenida Jovino Augusto da Silva, no bairro Bromélias, em Timóteo, onde foram presos U.J.N., de 31 anos e S.C.S., de 46 anos.

Com eles policiais militares apreenderam R$ 363 em dinheiro, dois telefones celulares, 112 ingressos falsos para o Fest Country, entre outros objetos.

A Polícia Militar recebeu informações anônimas via telefone 190, informando que dois homens estavam nas proximidades das do Centro Comercial de Timóteo, negociando ingressos para o evento Fets Country.

Policiais foram averiguar a situação e abordaram os dois suspeitos, quando apreenderam com eles vários ingressos para o show.

Inicialmente alegaram que eram cambistas e compraram vários ingressos, no primeiro lote, para revender posteriormente, a preços maiores. De fato, estavam nas portas das lojas para oferecer os ingressos às pessoas que chegavam ao local, aproveitando-se do fato de alguns estabelecimentos funcionarem até mais tarde. Cada ingresso era oferecido por R$ 80, conforme informado ao Diário do Aço.

Ao pesquisar sobre a identidade dos homens, os policiais confirmaram que U.J.N. já havia sido preso pelo crime de falsificação de documento e estava em liberdade provisória desde 19 de março desse ano.

Questionados por que os seus ingressos estavam coloridos irregularmente e apresentando marcas de fotocopiadora, eles disseram que era devido ao fato de o ingresso ter sido comprado há algum tempo, no primeiro lote.

Os ingressos oferecidos pela dupla foram comparados com ingressos originais e houve indícios de falsificação, como por exemplo números de série repetidos e impressão de caracteres estranhos ou fora de padrão.

Policiais também descobriram o local onde a dupla estava hospedada, um hotel na rua Padre Zanor, no bairro Centro Norte e, no quarto ocupado por eles, foram encontrados mais ingressos com indício de falsificação.

Durante o registro da ocorrência, policiais militares foram procurados por pessoas que tinham comprado os ingressos possivelmente falsificados e reconheceram os dois detidos como vendedores.

Diante dos fatos, os dois homens foram presos e conduzidos para o plantão da 1ª Delegacia Regional da Polícia Civil em Ipatinga e responderão pelo crime de estelionato, entre outros delitos.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Jose 10 de Maio, 2019 | 10:45
Tem que estampar a cara desses estelionatários, pois assim irão aparecer mais vítimas. A legislação permite, quando se trata de algo de repercussão social.
Sabonete 10 de Maio, 2019 | 09:29
NÃO VAI DAR EM NADA....GARANTO QUE ESTES FALSÁRIO JÁ ESTÃO PENSANDO QUAL A PRÓXIMA FESTA QUE ELES IRÃO ATUAR....POIS É A ÚNICA COISA QUE ELES SABEM FAZER NA VIDA.....

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO