Homem inventa roubo de carro e acaba preso pela PM

Suspeito teria alegado o crime para evitar de pagar multas, reboque e o pátio para onde foi levado o automóvel apreendido

Wellington Fred


O suspeito assinou um TCO e vai responder pelo caso junto ao Juizado Especial Criminal

A situação criada para tentar se esquivar de pagar multa e taxas de apreensão terminou muito mal para E.A.S., de 28 anos. Ele acabou preso por falsa comunicação de crime ao inventar que teve o carro tomado de assalto durante a manhã desta quinta-feira (9). E.A. alegou toda a situação, que mobilizou varias equipes da Polícia Militar, ao ter o carro removido de um local proibido estacionar.

Os policiais militares durante patrulhamento depararam com o Chevrolet Classic, veículo estacionado em um ponto de ônibus na avenida Macapá, no bairro Veneza I. Contudo, após a remoção do automóvel para o pátio credenciado e a confecção das multas de trânsito, o proprietário entrou em contato com a PM alertando ter sido vítima de roubo.

Ele alegou que durante a madrugada, ao passar pela rotatória do bairro Veneza com o bairro Jardim Panorama, foi parado por bandidos que se encontravam em outro veículo. Eles alegaram que queriam uma informação, momento que E.A. afirma ter sido rendido por um dos bandidos armados e roubaram o Classic.

Contudo, diante das contradições na história de E.A., os PMs apuraram que ele passou a noite toda bebendo e deixou o carro estacionado em um ponto de ônibus na avenida Macapá. Ele teria inventando toda a história do roubo para evitar de pagar as taxas de remoção e pátio da Polícia Civil, além da multa.

E.A., que ainda apresentava sinais de embriaguez, foi conduzido para um posto de confecção do Boletim de Ocorrência (Reds). Após assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), marcando a audiência para ele comparecer ao Juizado Especial Criminal da Comarca de Ipatinga, o homem foi liberado pelos policiais.

O capitão Lindhon Johnson, comandante da 82ª Companhia PM, informou ao Diário do Aço que o falso roubo mobilizou três viaturas para tentar localizar os supostos assaltantes, deixando de fazer o patrulhamento da comunidade. Ele afirmou que a pessoa vai responder pela situação junto à Justiça em situações parecidas com o registrado na manhã desta quinta-feira.

Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Sacapó 10 de Maio, 2019 | 08:11
Mentiu, achando que seria perdoado.
Estava bêbado, deve ter pensado que era político.

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO