Vitamina D: Conheça os benefícios da vitamina do sol para a saúde

Um bom índice de vitamina D é importante por várias razões, incluindo a boa saúde de ossos e dentes e a prevenção de uma série de doenças como câncer, diabetes e esclerose múltipla



A vitamina D, também conhecida como a vitamina do sol, é produzida pelo organismo como resposta à exposição solar e também pode ser consumida por meio de fontes naturais ou de suplementos alimentares. Um bom índice de vitamina D é importante por várias razões, incluindo a boa saúde de ossos e dentes e a prevenção de uma série de doenças como câncer, diabetes e esclerose múltipla.

Alguns das funções da vitamina D no corpo humano são: apoiar a saúde do sistema imunológico, do cérebro e do sistema nervoso; regular os níveis de insulina e ajudar no controle da diabetes, além de apoiar a função pulmonar e a saúde cardiovascular.

O que é vitamina D?

A vitamina D na verdade não é uma vitamina. Apesar do nome, trata-se de uma substância considerada como um pró-hormônio. As vitaminas são nutrientes que não podem ser criados pelo corpo e, portanto, devem ser ingeridos através da dieta.

No entanto, a vitamina D pode ser sintetizada pelo corpo humano quando a luz solar atinge a pele. Estima-se que a exposição solar durante 5 ou 10 minutos, 2 ou 3 vezes por semana, permite que a maioria das pessoas produza vitamina D suficiente.

A vitamina, porém, se decompõe rapidamente, o que significa que o índice pode diminuir, principalmente nos meses de inverno e em regiões com pouco sol. Estudos recentes detectaram que a maioria dos brasileiros é deficiente em vitamina D.

Benefícios vitamina D para a saúde

A vitamina D ajuda na saúde dos ossos porque desempenha um importante papel na regulação do cálcio e na manutenção dos níveis de fósforo no sangue, dois fatores decisivos. Essa substância é responsável pela absorção do cálcio nos intestinos e por recuperar o cálcio que seria excretado pelos rins.

Nas crianças, a deficiência de vitamina D pode causar raquitismo, uma doença caracterizada por uma aparência gravemente arqueada devido ao amolecimento dos ossos. Em adultos, ela se manifesta como osteoporose.

Uma ingestão adequada de vitamina D também reduz o risco de diabetes. Vários estudos mostram uma relação inversa entre as concentrações sanguíneas de vitamina D no corpo e o risco de diabetes tipo 2. Em pessoas com diabetes tipo 2, níveis insuficientes dessa substância podem afetar negativamente a secreção de insulina e a tolerância à glicose.

O baixo nível de vitamina D também tem sido associado a um maior risco e gravidade de doenças atópicas na infância e doenças alérgicas, incluindo asma, dermatite atópica e eczema.

A vitamina D é extremamente importante para regular o crescimento celular e para a comunicação célula a célula. Alguns estudos sugerem que a vitamina D pode reduzir a progressão do câncer, retardando o crescimento e o desenvolvimento de novos vasos sanguíneos no tecido canceroso e reduzindo as metástases.

Onde encontrar vitamina D

A luz solar é a fonte mais comum e eficiente de vitamina D, mas algumas das fontes alimentares como o óleo de peixe e alguns pescados podem ajudar na ingestão diária. De acordo com o portal saudaveleforte, é altamente recomendada a obtenção de vitamina D por meio de fontes naturais.

Também é preciso ter cuidado na hora de escolher suplementos alimentares. Ainda segundo o site, “as pessoas que optarem por consumir um suplemento de vitamina D devem escolher a marca com cuidado e procurar a ajuda de um profissional que receite a dosagem adequada para cada caso”.

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO