Ipatinga vai a Nova Serrana em busca do ponto salvador

A exemplo do jogo anterior (vitória de 2 a 0 sobre o Uberlândia), o técnico Gérson Evaristo mandará a campo uma formação ofensiva

Wôlmer Ezequiel


O atacante Andrey é um dos destaques do time ipatinguense nesta reta final de campeonato

O Sábado de Aleluia pode ser o da "salvação" para o Ipatinga Futebol Clube. Com 11 pontos ganhos na tabela e a uma rodada de terminar a fase de classificação do Módulo B do Campeonato Mineiro 2019, o Tigre segue para Nova Serrana, no Centro Oeste mineiro, onde buscará, contra o Serranense, um dos melhores da competição, pelo menos um ponto, a fim de não correr qualquer risco de rebaixamento e encerrar um drama que o persegue na campanha ruim desde a rodada de abertura.

O time de Gérson Evaristo se preparou durante a semana para conseguir o feito com suas próprias forças, mas poderá permanecer entre os classificados para a divisão de acesso do ano que vem mesmo perdendo o jogo, pois os concorrentes à degola terão compromissos difíceis, sendo dois deles fora de casa e somente com seu mando, porém os três enfrentando equipes que aspiram posições no G-4. Serranense e Ipatinga se enfrentam neste sábado (20), às 16h, na Arena do Calçado, em Nova Serrana.

Possibilidades

O Uberaba, nono colocado com 11 pontos, fará o clássico contra o Uberlândia, fora de casa. Somente uma vitória o salva da degola, independentemente de qualquer outro resultado. O Uberlândia, por sua vez, precisa vencer o compromisso para ficar em segundo lugar na tabela e assim fazer o jogo de volta da semifinal, que poderá valer o retorno ao Módulo A, em seus domínios, provavelmente contra o Serranense.

O Athletic, outro na corda bamba com 11 pontos, terá que vencer seu jogo fora de casa contra o Nacional de Muriaé para permanecer no Módulo B sem depender de ninguém. O Nacional, com 17 pontos, por sua vez, precisa vencer para garantir a quarta vaga na semifinal e enfrentar provavelmente o Coimbra num duelo que valeria o acesso. O time de Muriaé só depende de si.

O Democrata-SL, também com 11 pontos, será o único que atuará em casa, contra o CAP Uberlândia. A exemplo de Athletic e Uberaba, depende de um vitória para não cair. O adversário jogará suas últimas fichas para chegar à semifinal. Precisará vencer o jogo em Sete Lagoas e torcer para um tropeço do Nacional – um empate seria o suficiente – para ser o último do G-4. Derrota do Democrata-SL o colocará na dependência de tropeço de Uberaba ou Athletic.

O Ipatinga escapa com o empate, pois chegaria a 12 pontos e teria melhor saldo de gols do que o América-T0, time que possui atualmente 9 pontos e chegará aos 12 com os três pontos do jogo que teria contra o Tricordiano. Por isso, a equipe de Teófilo Otoni tem que torcer para que um dos quatro – Ipatinga, Democrata-SL, Athletic e Uberaba – perca seu jogo para, aí, sim, ele consegue permanecer no Módulo B.

Escalação ofensiva

A exemplo do jogo anterior (vitória de 2 a 0 sobre o Uberlândia), o técnico Gérson Evaristo mandará a campo uma formação ofensiva, por necessitar do resultado e pelo bom rendimento sábado passado. O elenco treinou com entusiasmo durante a semana, pela melhora de rendimento, pelos compromissos em dia por parte da diretoria e com o alívio de jogar menos pressionado contra o descenso. O atacante Marcelo, que repetiu os problemas de disciplina do Cruzeiro, foi devolvido, assim como não ficaram os também atacantes Vitinho e Fabinho, que não demonstravam envolvimento com a filosofia de trabalho nas últimas semanas decisivas.

A delegação viaja para Nova Serrana nesta sexta-feira após o almoço e retornará no sábado à noite. A provável formação para o último jogo da temporada será: Élisson, Breno, Gustavo, Noé e Luan; Diego, Tiago Etges e Andrey; Laércio, Erick e Levi.

Na segunda-feira, todos os jogadores e comissão técnica serão liberados e o departamento profissional do clube encerrará suas atividades. O retorno só se dará em novembro ou dezembro.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO