A comemoração da Páscoa

Evento religioso ganhou novos ares com os ovos típicos da época

A palavra Páscoa vem do hebraico "Pessach" e significa passagem. Este é o evento mais importante para a Igreja Cristã, pois na Páscoa é celebrada a ressurreição de Jesus Cristo, ou seja, a vitória sobre a morte.

A morte de Jesus ocorreu por volta do ano 30 ou 33 d.C. e, há quem diga que isso teria sido durante o Pessach, data na qual os judeus comemoram a libertação e fuga de seu povo que vivia escravizado no Egito. Os relatos a respeito desta passagem encontram-se registrados nos Evangelhos de Mateus, Marcos, Lucas e João.

GB Imagem


No domingo de Páscoa, os cristãos comemoram a ressurreição de Jesus que venceu a morte na cruz, redimindo a humanidade de todos os seus pecados
Além das festividades religiosas, a Páscoa também é comemorada através dos ovos de chocolate e dos coelhos que fazem a alegria de adultos e crianças.
Os coelhos representam a fecundidade, e por isso foram vinculados ao sentido de vitória.

A tradição chegou à América em meados de 1700, trazida pelos imigrantes alemães. Segundo os seus costumes, o coelhinho escondia ovos que as crianças procuravam na manhã do domingo de Páscoa.

Tradicionalmente coloridos, os ovos são oferecidos como alimento no dia da Páscoa. Alguns deles são pintados à mão e considerados obras de arte, em especial os ovos de Páscoa dos ucranianos e poloneses. O ovo é símbolo da vida em germe.
O chocolate, sem dúvida, deu um gostinho especial a tudo isso. O cacau tem o nome científico de ‘Theobroma Cacao’ que significa ‘néctar dos deuses’, e seu paladar e valor energético foram reconhecidos por toda Europa desde que foi exportado pelas Américas.

Ao ser misturado com leite e tomar o formato de ovo, reforçou o sentido da comemoração, ganhou popularidade e transformou-se numa unanimidade quando o assunto é Páscoa.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO