Dia Mundial da Água em Ipatinga

Alunos de 10 escolas tiveram atividades especiais de conscientização

Em março, durante a semana de comemoração do Dia Mundial da Água, a Prefeitura de Ipatinga, por meio de uma parceria da Secretaria de Educação com a Infrater, Instituto Interagir e a Polícia Militar do Meio Ambiente, desenvolveu uma programação extensa envolvendo alunos da rede municipal de ensino.

Durante a semana, de manhã e à tarde, o Viveiro Municipal recebeu 10 escolas da rede, em 50 alunos por turno, e ao fim de cada evento ofereceu aos estudantes e professores um lanche especial.

A secretária municipal de Educação de Ipatinga, Eva Sônia, explica que as escolas vinham desenvolvendo projetos ligados ao tema desde o início do ano.

Secom/PMI


Alunos de Ipatinga se encantaram com a Biquinha no Ipaneminha
“Os professores destas escolas estão em constante atividade com os estudantes, buscando despertar neles uma visão ampla sobre a necessidade de respeitar a natureza e também os recursos naturais e o uso adequado da água. E assim o projeto se estendeu até o Dia Mundial da Água, mas não termina aí”, garantiu.

Os estudantes fizeram uma caminhada, explorando o ambiente do Viveiro Municipal e recebendo orientações de um profissional da área, que explicou as diferentes formas de captação da água na cidade.

Após o percurso, os alunos foram ao estande da Sala Verde (Instituto Interagir), onde viram uma exposição de animais taxidermizados e puderam visualizar uma maquete da bacia hidrográfica do ribeirão Ipanema.

A visita foi encerrada na unidade da Polícia Militar que também funciona dentro Viveiro, onde os alunos puderam entender um pouco mais sobre o trabalho dos militares quando estão envolvidos em crimes ambientais.

Participaram da visita ao Viveiro as escolas Artur Bernardes (bairro Canaã); Hermes de Oliveira Barbosa (comunidade de Pedra Branca); Mário Casassanta (comunidade do Ipaneminha); Nelcina Rosa de Jesus (Veneza); João Amparo Damasceno (Vila Celeste); Henrique de Freitas Badaró (Esperança); João Reis (Limoeiro) e Padre Cícero de Castro (Areal).

Eva Sônia ressalta a importância dos alunos se envolverem em atividades de conscientização ambiental. “O objetivo é conscientizar os estudantes sobre o cuidado e preservação da água, um bem tão valioso e que há muito tempo vem sendo explorado indiscriminadamente pelo homem.

O trabalho de educação começa com as crianças. Se quisermos ter um futuro melhor e buscar uma visão consciente sobre este recurso, nós devemos instruir os alunos. Eles farão a diferença nas novas gerações”, enfatiza a secretária.

Ainda dentro da programação alusiva ao Dia Mundial da Água, a Secretaria de Educação promoveu um intercâmbio entre os alunos das Escolas Municipais Jayme Morais Quintão, do Jardim Panorama; Terezinha Nívea, no bairro Nova Esperança, e Mário Casassanta, do Ipaneminha.

Alunos das escolas do Jardim Panorama e Nova Esperança visitaram os da zona rural e lá puderam conhecer a Biquinha do Ipaneminha e a Casa Verde, além de também obter informações sobre os recursos hídricos do local, como se formam os cursos d’água e sua importância para o abastecimento de todo o município.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO