Loja pega fogo em Coronel Fabriciano

Incêndio atingiu auto peças na madrugada de domingo, não houve feridos

Divulgação Corpo de Bombeiros


Todo estoque da loja foi destruído durante o incêndio

Na madrugada de domingo (14) o Corpo de Bombeiros foi chamado para conter um incêndio numa auto peças localizada na avenida Tancredo Neves, no bairro Bom Jesus, em Coronel Fabriciano. Conforme os bombeiros, foram utilizados 1000 litros de água para conter o incêndio, que não deixou feridos.

Ainda segundo o Corpo de Bombeiros, do lado de fora da loja foi encontrado um recipiente de 600 ml, com odor de gasolina. Todo o estoque de mercadorias e equipamentos da loja de auto-peças foi danificado, como tintas, thinner, pneus e demais materiais.

Kombi incendiou-se
Outra ocorrência de incêndio debelado pelo Corpo de Bombeiros foi uma Kombi que pertence a Rita da Costa Pereira, de 63 anos, que pegou fogo na área da feira-livre na avenida Selim José de Sales, no bairro Canaã, em Ipatinga. O sinistro aconteceu durante a madrugada, quando a vítima manobrava o veículo para estacioná-lo.

Ela contou que a Kombi “morreu” e ao dar uma nova partida foi alertada pelo sobrinho que havia chamas no veículo. Os bombeiros utilizaram cerca de 3 mil litros de água para debelar as chamas que destruíram a Kombi e ainda os pares de sapatos que são vendidos pela feirante.

Reprodução

A Kombi da feirante Rita da Costa ficou completamente destruída pelo incêndio

Comentários

Jos Luiz Arruda 16 de Abril, 2019 | 09:17
A esses dois guerreiros, a minha solidariedade e forças para se recuperarem, Deus e maior...
Douglas 14 de Abril, 2019 | 23:07
Muita força ao Robsom dono da auto vale pois é uma pessoa de bem e trabalhadora !!! E se Deus quiser as causas vão aparecer e se houve e culpados confiamos na justiça!

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO