Câmara de Ipatinga busca parceiras para capacitação de profissionais

Conforme o presidente do Legislativo, a implementação dos serviços, por meio dessas parcerias, será de curto prazo, que capacitará vereadores, servidores e assessores

Wôlmer Ezequiel


Após retorno de Brasília, Jadson Heleno ressaltou a importância dos novos projetos para o Legislativo, em entrevista

Com o intuito de buscar parceiras que visam aprimorar os serviços da Câmara de Ipatinga, o presidente do Legislativo, Jadson Heleno (SD), viajou para Brasília nesses últimos dias e retornou com novos projetos. Em entrevista à imprensa, na tarde desta sexta-feira (12), Jadson detalhou que foram feitas parcerias com a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), Escola Nacional de Administração Pública (Enap), Associação Brasileira das Escolas do Legislativo (Abel) e Interlegis (entidade ligada ao Senado Federal e que presta serviços aos Legislativos Estaduais e Municipais).

"Tivemos uma agenda altamente produtiva. Essas parcerias contribuem para que a Câmara de Ipatinga volte novamente para um cenário nacional. Nós vamos passar a ser polo do Interlegis e também da Assembleia Legislativa, por meio da Escola do Legislativo. Então Ipatinga merece ter tudo isso, o que vai trazer cidadania tanto para os servidores quanto para população no modo geral", enfatizou Jadson.

Conforme o presidente do Legislativo, a implementação dos serviços, por meio dessas parcerias, será de curto prazo, que capacitará vereadores, servidores e assessores. "Em relação à Abel, já é uma realidade, porque foi assinado o termo de cooperação nessa viagem, com o objetivo de promover a troca de conhecimentos. Teremos também um grande evento na cidade, envolvendo a Assembleia Legislativa, que será bastante proveitoso. E acerca da Interlegis, já temos a documentação e foi oficializado, inclusive, já está no site da Interlegis, explicando que Ipatinga quer ter seu polo".

Segundo o diretor da Escola do Legislativo, Amaury Gonçalves, o projeto foi criado em dezembro de 2018 e busca oferecer qualificação, primeiramente, aos servidores, para que seja possível praticar uma gestão por competência. "Nós também estamos abertos para fornecer essa qualificação para os conselheiros e para toda comunidade. Queremos abrir as portas da Câmara de Ipatinga para atender as Câmaras do entorno do Vale do Aço. Esse é objetivo e isso é o que esperamos por meio dessas novas parceiras".

Presidente do Legislativo afirma que irá assinar denúncia contra Masinho

Na segunda-feira (8), o vereador de Ipatinga Osimar Barbosa Gomes, o Masinho (PSC), e seu ex-chefe de gabinete, Rodrigo Vieira Ramalho, foram presos e recolhidos à Penitenciária Dênio Moreira de Carvalho (PDMC), em Ipaba. Entre as acusações, estão recolhimento de parte do salário de assessores, peculato, coação de testemunhas e assédio moral.

Na entrevista desta sexta-feira (12), o presidente do Legislativo de Ipatinga, Jadson Heleno, afirmou que irá fazer a denúncia, assim como ocorreu em fevereiro, quando ele apresentou para o plenário da Câmara a proposição de instauração de uma comissão processante contra quatros dos vereadores investigados pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), entre eles, Luiz Márcio (PTC), Wanderson Gandra (PSC), Rogério Antônio Bento, (sem partido) e Paulo Cézar dos Reis (Pros). Os últimos três já pediram renúncia ao cargo de vereador. Já a CP contra o ex-vereador José Geraldo Andrade (Avante), foi proposta por um cidadão ipatinguense e acatada em plenário.

"Para que haja a instauração da Comissão Processante (CP) é preciso haver uma denúncia, e esse é o grande problema, as pessoas terem coragem para fazer a denúncia. Mas aqui nessa Casa tem um presidente que possui coragem e que vai assinar mais uma denúncia contra vereador, porque não tem tratamento diferente com ninguém. Estamos esperando chegar os autos de prisão em flagrante, assim que nós formos notificados, de forma oficial, eu vou fazer a denúncia para que seja formalizada a CP", destacou.

Contratação de consultoria para reforma administrativa na Câmara de Ipatinga está próxima, afirma presidente

Conforme anunciado no dia 11 de março desse ano, por meio dos integrantes da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Ipatinga e do promotor da 7ª Promotoria de Justiça de Ipatinga, Fábio Finotti, será contratada uma empresa ou fundação para elaborar um estudo da estrutura administrativa da Casa Legislativa. O objetivo é melhorar a eficiência dos serviços e reduzir os gastos.

Em entrevista à imprensa, o presidente da Câmara de Ipatinga, Jadson Heleno, relatou que já foi feita uma visita à Fundação João Pinheiro, em Belo Horizonte, e ao Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam), no Rio de Janeiro. "Já levamos ao promotor de Justiça, Fábio Finotti, a ata e já estamos prestando conta para ele dessas conversas que estão sendo feitas. Agora estamos aguardando que a João Pinheiro e o Ibam nos mandem os termos técnicos, que vão pautar a contratação. E, juntos com o Ministério Público, vamos definir qual das duas instituições deverão ser contratadas para fazer a reformulação administrativa da Casa Legislativa. Mas isso já está bem adiantado e nos próximos dias teremos essa definição", revelou.

A necessidade da contratação dessa empresa ou fundação surgiu após uma recomendação do Ministério Pública de Minas Gerais (MPMG) expedida à Câmara em janeiro deste ano, a fim de regularizar a quantidade, atribuições, transparência e controle dos servidores do órgão, principalmente, aqueles que realizam atividades externas.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO