Mais um sábado de aflição e esperança para o Tigre

Ipatinga faz último jogo dentro de casa em busca de vitória que pode salvá-lo da degola

Wôlmer Ezequiel


A segurança de Élisson e a velocidade de Levi são esperanças de o Tigre conseguir a vitória que pode salvá-lo do rebaixamento

A exemplo da temporada passada, o Ipatinga Futebol Clube chega à reta final do Módulo B do Mineiro em situação crítica na tabela de classificação (apenas 8 pontos ganhos) e precisando vencer um adversário de peso para tentar escapar da volta à Terceira Divisão. Neste sábado, às 16h, no Ipatingão, recebe o Uberlândia, uma das sensações e vice-líder deste Módulo B, já classificado à semifinal com duas rodadas de antecedência e apontado, ao lado de Coimbra e Serranense, como favoritos ao acesso à divisão de elite – o clube caiu na temporada passada.

Esperança é a palavra que continua alimentando os bastidores do Tigre. O técnico Gérson Evaristo, embora tenha deixado o campo transtornado na derrota para o Democrata-SL por 1 a 0, na rodada passada, em Sete Lagoas, segue confiante. Trabalhou firme durante toda a semana jogadas de ataque, vai a campo com quatro jogadores no setor, incluindo o único especialista da posição de centroavante, Érick, que mesmo sentindo dores no tornozelo é a esperança de balançar as redes do time do Triângulo. Evaristo, ao lado da comissão técnica e dirigentes, trabalhou para devolver confiança aos jogadores, certo de que o peso da camisa e a tradição do Ipatinga têm que fazer a diferença nesta reta final, até pela estrutura invejável que o clube possui para o departamento de futebol. O retorno do veterano atacante Fabinho, mesmo não tendo treinado nos últimos dias, também devolve otimismo ao elenco.

Ótima campanha

Destaque da competição ao lado de Coimbra e Serranense, o Uberlândia vem ao Vale do Aço tranquilo. Tanto que na rodada passada – vitória de 3 a 1 sobre o Athletic – teve quatro jogadores levando o 3º cartão amarelo (goleiro Diego, zagueiros Adriano e Tayron e goleador Jhullliam) para entrarem "zerados" na reta final. Além disso, completando cinco desfalques, o atacante Aslen foi expulso e também não atuará.

O técnico Ademir Fonseca, que sofreu infarto no jogo da 6ª rodada contra o Serranense, continuará de fora em tratamento, em sua residência no Triângulo Mineiro. Seu auxiliar, Winnícius Marquezine, seguirá comandando a equipe. A delegação chegou ao Vale do Aço nesta sexta-feira. O objetivo passa ser a primeira colocação nesta fase de classificação, a fim de ter vantagem de atuar em seus domínios no jogo da volta da semifinal, que poderá valer o retorno ao Módulo A – o clube caiu na temporada passada.

Sua torcida estará representada nas arquibancadas do Ipatingão. Foi anunciado que um ônibus com 45 integrantes da Organizada uberlandense estará em Ipatinga.

Os ingressos para a partida deste domingo são vendidos antecipadamente por R$ 10. No dia do jogo, o ingresso custará R$ 20 na bilheteria.

FICHA TÉCNICA

Ipatinga x Uberlândia
Motivo: 10ª rodada Módulo B
Local: Ipatingão
Horário: 16h
Ipatinga: Élisson; Breno, Noé, Gustavo e Luan; Diego, Tiago Etges e Andrey; Laércio (Marcelo), Érick e Levi. Técnico – Gérson Evaristo.
Uberlândia: Roni; Jeferson, José Victor, Darla e Guilherme; Rogério, Luiz Alexandre, Fernando e Ewerton Maradona; Hugo e Carlos (Cássio). Técnico – Winnícius Marquezine.
Árbitro: Erik Geovanni Fernandes; assistentes – Marcyano da Silva Vicente e Leandro Salvador da Silva; 4º árbitro – David William Santos.

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO