Oficinas Culturais em Ação

Projeto Trocas Coletivas chega aos 18 anos oferecendo três oficinas

Em comemoração aos 18 anos de atividades, o projeto Oficinas Culturais – Trocas Coletivas vai oferecer três oficinas de abril a julho em Ipatinga e Timóteo, no Vale do Aço.

A iniciativa promove um intercâmbio com outros artistas e grupos, visando o aprimoramento técnico do fazer artístico, a inovação e melhoria dos trabalhos individuais e coletivos.

Marco Aurélio Olímpio/Divulgação/ACS OCTC


Mímica Total e Teatro Físico será a oficina com Luís Louis
Com inscrições gratuitas, as oficinas terão carga 20 horas. Duas oficinas foram propostas por grupos da região e uma pela curadoria.

O grupo de teatro Coletivo Aberto, de Ipatinga, indicou a oficina Mímica Total e Teatro Físico, que será ministrada pelo diretor, ator, mímico e preparador de elenco Luís Louis, de São Paulo.

A oficina vai acontecer de 18 a 21 de abril, no Espaço Cultural Casa Laboratório, e as inscrições podem ser feitas até o dia 15 de abril, de 14 às 18h, solicitando ficha de inscrição pelo e-mail dineiator@gmail.com ou telefone (31) 98883-3142.

A segunda oficina, Introdução ao Teatro de Objetos, será de 29 a 31 de maio e foi indicada pelo grupo de teatro DaMa Espaço Cultural, de Timóteo.

Diretora Sandra Vargas vai abordar o Teatro de Objetos


Marco Aurélio Olímpio/Divulgação/ACS OCTC
A diretora, atriz e pesquisadora Sandra Vargas (Grupo Sobrevento - SP) vai ministrar a oficina, na sede do DaMa Espaço Cultural, em Timóteo. As inscrições serão abertas no período de 20 a 27 de maio, de 14 às 18h, pelo telefone (31) 99350-2345.

A última oficina desta edição será Dramaturgia, Performance e Processos Criativos, e será desenvolvida pelo diretor, dramaturgo e ator carioca Márcio Abreu, de 11 a 14 de julho, no Espaço Cultural Casa Laboratório. Os interessados podem se inscrever de 1 a 9 de julho, de 14 às 18h, pelo telefone (31) 98883-3142.

O Oficinas Culturais – Trocas Coletivas é realizado desde 2001, e já proporcionou ao Vale do Aço cerca de 90 processos de formação como cursos, oficinas, palestras e intercâmbios em vários segmentos artísticos e técnicos, abrangendo o teatro, dança, circo, cinema e música.

As áreas cobertas foram interpretação, técnica vocal, expressão corporal, figurino, cenografia, iluminação, dramaturgia, produção, trilha sonora, sonorização, maquiagem, cenotécnica e máscaras.

Márcio Abreu tratará de Dramaturgia, Performance e Processos Criativos


Marco Aurélio Olímpio/Divulgação/ACS OCTC
E ainda manipulação e construção de bonecos, commedia dell’arte, vídeo dança, composição coreográfica, biomecânica e palhaçaria, em ações gratuitas oferecidas a cerca de 2.200 profissionais e estudantes de vários níveis de formação.

Passaram pelo projeto artistas como Grace Passô, Denise Stoklos, Luiz Carlos Vasconcelos, Beatriz Apocalipse (Giramundo), Regina Bertola (Ponto de Partida), Rita Clemente, Carlos Gradim (Odeon Cia. Teatral).

E também José Dias e Mona Magalhães (Unirio), Tiche Vianna (Barracão Teatro), André Munhoz (Tá na Rua), Jorge Peña (Uruguai), Vera Sala, Alejandro Ahmed (Cena 11) e Ricardo Gali (Cia. Perversos Polimorfos), Sergio Penna, entre outros.

O Oficinas Culturais tem patrocínio da Usiminas (Lei Estadual de Incentivo à Cultura). A realização é de Rodolfo Belo, com direção de produção de Claudinei de Souza. Informações e inscrições pelo telefone (31) 98883 3142 ou via e-mail dineiator@gmail.com.

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO