Homem pede água e cai morto em beco no Centro de Ipatinga

Equipe do Samu foi acionada, mas a vítima ainda não identificada se encontrava sem sinais vitais

Atualizada às 14h45
Wellington Fred


A perícia da Polícia Civil foi acionada pela PM, mas a vítima não apresentava ferimentos graves

O corpo de um homem não identificado está no Instituto Médico-Legal (IML) de Ipatinga depois de ser recolhido em um beco, no fim da rua Belo Horizonte, quase na avenida Londrina, entre o Centro de Ipatinga e o bairro Veneza II. A vítima havia pedido água e caiu em um beco. Há suspeita que esse homem possa ter sido espancado minutos antes, por causa de um furto.

As equipes da Polícia Militar foram acionadas por volta das 22h45, como acompanhou o Diário do Aço no local. A vítima, segundo uma moradora, chegou ao beco de acesso à casa desta pessoa e pediu água. Antes dela atender ao pedido solicitado ao desconhecido, o homem caiu no local.

Uma equipe do Serviço Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, mas o desconhecido já estava sem sinais vitais. O local foi isolado para o trabalho da perita criminalista Cristina Magalhães. Ela não verificou nenhum sinal de ferimento grave no corpo do homem, removido em seguida ao IML para ser necropsiado.

Os policiais foram informados que há suspeita que o desconhecido havia sido o autor de uma tentativa de furto de celular de uma mulher. Alunos de uma escola próxima conseguiram reaver o aparelho. A informação, não confirmada, é que estes estudantes teriam agredido o ladrão na rua Belo Horizonte, mas este fato ainda não foi confirmado.

Os PMs, com o comando do capitão Lindhon Johnson, tentaram identificar a residência do desconhecido, indo inclusive ao bairro Planalto, mas sem sucesso. O homem é moreno, tem cerca de 1,75 metro de altura, cabelos pretos curtos e aparenta ter entre 40 e 45 anos de idade. Ele trajava bermuda jeans clara e ainda uma camisa de malha branca com a estampa escrita "Brasil" na parte da frente.

Causa da morte

No IML de Ipatinga, os legistas não constataram nenhum ferimento grave, apenas escoriações pelo corpo do desconhecido, e nem o que matou o desconhecido. Serão retiradas amostras de órgãos e encaminhadas para o Instituto de Criminalística da Polícia Civil, em Belo Horizonte, onde serão realizados mais exames para tentar apontar a causa da morte do homem.


Homem pede água e cai morto em beco no Centro de Ipatinga
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

MAIS FOTOS

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO