Isenção no Enem 2019: aberto prazo de solicitação

Se o pedido for negado ainda é possível recorrer da decisão

Divulgação


É importante ficar atento, o resultado da solicitação será divulgado no dia 17 de abril e é sua responsabilidade acompanhar a situação

O prazo para solicitar isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), começa hoje (01). O Enem é uma das principais portas de entradas para cursos do Ensino superior . Quem atender aos critérios exigidos pelo Exame pode solicitar o não pagamento na Página do Participante , até o dia 10 de abril. Se a solicitação for negada ainda é possível recorrer da decisão. O prazo para esse procedimento vai de 22 a 26 de abril.

É importante ficar atento, o resultado da solicitação será divulgado no dia 17 de abril e é sua responsabilidade acompanhar a situação. Além disso, também é hora de apresentar uma justificativa da ausência - os estudantes isentos no ano passado que faltaram o exame - e solicitar novamente a isenção, caso desejem fazer as provas este ano.

Na edição de 2018, o valor era de R$82. Neste ano, a taxa a ser paga será de R$85. Só não pode pagar taxa de inscrição quem: está cursando a última série do Ensino Médio, em 2018, em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar, cursou todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada; e tem renda, por pessoa, igual ou menor que um salário mínimo e meio, está em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda que possua Número de Identificação Social (NIS) único e válido; e tem renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Enem 2019

As inscrições para o Enem 2019 deverão ser feitas no período de 6 a 17 de maio. As provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro.

A nota obtida no Enem pode ser utilizada no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de Ensino Superior, no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), que financia cursos em universidades privadas, e no programa Universidade para Todos (Prouni), que oferece bolsas de estudo.

Outra opção para ingressar no ensino superior é através do Educa Mais Brasil. O programa educacional tem 15 anos de atuação no mercado e já beneficiou 900 mil estudantes. Com o apoio do programa é possível iniciar um curso de graduação com até 70% de desconto. Para conferir todas as oportunidades disponíveis na sua região, basta acessar o site do programa. As inscrições são gratuitas.

(Agência Educa Mais Brasil)

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO