Jemg bate recorde de inscritos

A secretária de Estado de Desenvolvimento Social, Elizabeth Jucá, destaca o número recorde de inscritos e a importância do evento

Tiago Ciccarini


Neste ano, 839 cidades garantiram vaga na competição voltada para rede pública e particular de ensino

Os Jogos Escolares de Minas Gerais (Jemg) alcançaram nova marca em 2019. Em mais um recorde, o evento esportivo-social recebeu inscrições de 839 dos 853 municípios mineiros, o que representa mais de 98% de adesão das cidades à competição. O resultado contabilizado na segunda-feira (11), prazo final para as inscrições, superou o do ano passado, que havia chegado a 835 municípios.

Destinados a jovens de 12 a 17 anos das escolas públicas e particulares do estado, os jogos são promovidos pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), por meio da Subsecretaria de Esportes, em parceria com a Secretaria de Estado de Educação (SEE). A execução das competições é feita pela Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais (Feemg).

A secretária de Estado de Desenvolvimento Social, Elizabeth Jucá, destaca o número recorde de inscritos e a importância do evento. “Além da parte esportiva, o Jemg contribui para o crescimento dos alunos como cidadãos e também na escola, evitando a evasão”, afirma.

Os Jogos Escolares de Minas Gerais buscam fomentar a prática do esporte para fins educativos, contribuir para o desenvolvimento integral do estudante; estimular o pleno exercício da cidadania e a prática esportiva nas instituições de ensino fundamental e médio das redes públicas e particulares, bem como indicar o representante do Estado nos Jogos Escolares da Juventude e Paralimpíadas Escolares, competições nacionais promovidas pelo Comitê Olímpico do Brasil e Comitê Paralímpico Brasileiro, respectivamente.

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO