PM prende acusado de assaltos em Fabriciano

Outro suspeito da prática dos crimes foi identificado, contudo não localizado até o momento pela polícia

Google


O assalto aconteceu nesta rua, na tarde desta terça-feira

G.G.P., de 23 anos, foi preso pela Polícia Militar no fim da tarde desta terça-feira (12) após o cometimento de um assalto a quatro vítimas na rua Álvaro Moreira, no distrito de Melo Viana, em Coronel Fabriciano. O comparsa de G. foi identificado, W.A.D., de 23 anos, mas não encontrado, apesar das intensas buscas para prendê-lo.

As vítimas assaltadas foram quatro homens, com idades de 43, 51 anos, 56 e 65 anos, que foram rendidas por dois indivíduos em uma motocicleta. Um deles portava uma arma de fogo, o carona, que desembarcou da moto e anunciou o roubo para as vítimas.

Com a quantidade de vítimas, o piloto também auxiliou no recolhimento dos pertences das vítimas, sendo levado joias, cartões bancários, quatro celulares, chaves de dois carros e ainda R$ 1.305.Os autores fugiram em uma moto XRE 300 de cor preta em alta velocidade.

A PM foi acionada e, no rastreamento, identificados os dois suspeitos. G.G. foi reconhecido por meio de fotografias e ele acabou localizado durante os trabalhos dos policiais. Ele foi identificado com o autor de outro crime praticado em Coronel Fabriciano, conforme apuraram os militares que trabalharam na prisão dele.

O segundo envolvido, que saiu da cadeia recentemente, foi avistado por moradores trafegando em uma motocicleta com as mesmas características da a usada no assalto. Este outro suspeito foi reconhecido por meio de fotografias dos policiais, mas ele ainda não encontrado. G. foi encaminhado e apresentado à Polícia Civil na delegacia.

Comentários

Dr Lemos 13 de Março, 2019 | 16:05
tem que por o nome desses lixos pra gente saber quem sao eles

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO