Três presos e cinco quilos de maconha apreendidos em Timóteo

Policiais monitoraram uma casa na região do Alvorada onde estaria o líder de uma facção criminosa

Divulgação Polícia Militar


Foram mais de 5 quilos de maconha, R$ 2.150 apreendidos e uma espingarda recolhida pela PM

O trabalho de monitoramento de um local denunciado como ponto de tráfico de drogas resultou na prisão de três suspeitos de envolvimento com o delito na avenida Ana Moura, bairro Timotinho, em Timóteo. Cerca de cinco quilos de maconha e uma arma de fogo foram apreendidas.

Os policiais monitoravam uma gangue que se autointitula ‘ALV’ e um dos pontos acompanhados é a casa de M.V.S.S., de 24 anos, denunciado como um dos líderes da facção criminosa. Na manhã desta terça-feira (12), os policiais viram o momento em que chegou E.L.S., de 44 anos, pilotando uma motocicleta Yamaha YBR, de cor vermelha, levando na garupa J.C.A.L., de 19 anos.

Após os ocupantes da moto contatarem M.V., os dois foram até a rua Pernambuco. O condutor voltou sozinho no veículo e buscou M.V. subindo a rua Mucuri, em um local onde estaria guardada a droga. Os PMs viram o momento em que o passageiro desembarcou e foi a pé até uma mata onde há uma torre de celular.

M.V. ficou algum tempo no local e voltou com um pacote nas mãos entregando o objeto para o condutor da moto. J.C. e E.L. saíram do local sentido à avenida Ana Moura. Os dois foram abordados por outras equipes e ainda tentaram fugir, sem sucesso. Em poder de J.C., que seria da gangue “Bonde do Primavera”, encontradas duas barras de maconha e uma balança de precisão.

Os três detidos foram levados para a delegacia de Polícia Civil

Com a confirmação da droga apreendida com os dois na moto, a outra equipe recebeu sinal verde para abordar M.V., que, ao notar a aproximação da PM saiu correndo por uma escadaria na rua Pernambuco e, após passar por residências de outras pessoas, fugiu por um matagal. O fugitivo deixou para trás um rastro de sangue, possivelmente se machucando na fuga.

Os policiais foram até o matagal onde um dos suspeitos estava minutos antes. Ajudados pelo barro, já que ficou uma trilha das pegadas do acusado, os militares encontraram o local foram enterradas mais nove barras de maconha, idênticas às encontradas com os ocupantes da moto.

A população também passou informações anônimas indicando onde estava M.V., localizado e preso refugiado na casa de um amigo. As equipes foram até a residência do líder da ‘ALV’ onde foi apreendida a quantia de R$ 2.150. Já onde mora E.L. os PMs apreenderam uma espingarda de fabricação caseira, além da moto dele também apreendida pelos policiais.

De acordo com a PM, os acusados, M.V. e J.C. possuem diversas passagens pela polícia por diversos delitos, dentre eles tráfico e receptação. M.V. já havia sido preso como suspeito de tráfico de drogas ilícitas no último dia 22 de fevereiro. Os três detidos foram encaminhados para a delegacia de Polícia Civil com todo o material recolhido na operação.

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO