Luta do Ipatinga agora é contra o rebaixamento

O técnico Gérson Evaristo iniciou na tarde desta segunda-feira a fase de preparação para o jogo diante do Coimbra, sábado próximo, 16 horas, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas

Wôlmer Ezequiel


A definição da equipe deverá ocorrer na quinta-feira, pois na sexta-feira será a viagem rumo a Sete Lagoas

Depois de perder o terceiro jogo pelo Módulo B do Campeonato Mineiro, sábado último, no Uberabão, por 2 a 1 para o Uberaba, o Ipatinga passa a ter outro foco na competição. Do sonho do acesso à transição para a realidade, que é a de escapar do rebaixamento à Terceira Divisão, situação idêntica a do ano passado. Ocupando as últimas posições na tabela com apenas dois pontos ganhos em cinco jogos (empates sem gols contra Democrata-GV e CAP Uberlândia), o foco passa a ser escapar da ameaça de queda. Para tanto, precisa vencer pelo menos três dos últimos cinco jogos que lhe restam, embora haja a remota possibilidade matemática de ainda se classificar – teria que vencer quatro partidas e empatar a outa.

Porém, embora não haja discurso externo neste sentido por parte da diretoria e comissão técnica, o objetivo inicial é o salvamento. O técnico Gérson Evaristo iniciou na tarde desta segunda-feira a fase de preparação para o jogo diante do Coimbra, sábado próximo, 16 horas, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. O adversário que vem de vitória fora de casa, contra o CAP Uberlândia, é um dos ponteiros da classificação, confirmando assim seu favoritismo.

Para este jogo, o zagueiro Gustavo Ricci, que chegou semana passada do Cruzeiro, e um provável meio-campista, que pode ser contratado neste início de semana. Poderá ocorrer modificações também noutras posições em todos os setores do time, em razão do fraco rendimento e da inconstância e baixa capacidade de reação durante as partidas. A definição da equipe deverá ocorrer na quinta-feira, pois na sexta-feira será a viagem rumo a Sete Lagoas.

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

ENVIE O SEU COMENTÁRIO